SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Lançamento de livro e bate-papo com Eduardo Suplicy reuniu diversos trabalhadores no Sindicato

12/09/2022

Compartilhe:

No dia 8, Eduardo Suplicy esteve no Sindicato dos Bancários de Bauru e Região lançando seu livro “Um jeito de fazer política”. No encontro, o atual vereador de São Paulo e candidato a deputado estadual (PT) contou um pouco dos seus 40 anos de vida pública, apresentou suas propostas para o novo mandato, autografou livros e cantou “Blowin’ in the Wind”, de Bob Dylan.

Economista, professor universitário, administrador de empresas e político filiado ao PT, do qual é um dos fundadores, Suplicy atualmente é vereador de São Paulo – pela terceira vez, sendo que em todas elas foi o candidato mais votado da história do Brasil – e também candidato a deputado estadual, nas Eleições 2022. Com décadas de trajetória na política, já foi senador por 24 anos, deputado estadual e federal, e secretário de Direitos Humanos e Cidadania.

Aos 81 anos, segue lutando para que seja implementada a renda básica de cidadania, lei de sua autoria. “A Renda Básica de Cidadania (RBC) é uma renda suficiente para que uma pessoa possa prover as suas necessidades vitais, como as de alimentação, saúde, educação e outras, que será paga pelo governo a toda e qualquer pessoa residente no país, inclusive às estrangeiras residentes há cinco anos ou mais no Brasil, não importa sua origem, raça, sexo, idade, condição civil ou mesmo socioeconômica. Será um direito à cidadania igual para todas. Refere-se ao direito de todas as pessoas participarem, pelo menos um pouco, da riqueza comum de nossa nação. A ninguém será negado”, explica Suplicy.

Em seu livro, escrito com a colaboração de Mônica Dallari e com prefácios de Mano Brown e Leonardo Boff, Suplicy traz histórias marcantes de como conseguiu o respeito da periferia, a sua relação com o rapper Mano Brown, o dia em que dormiu na Casa de Detenção – popularmente conhecida como Carandiru – para evitar novo massacre de presos, sua participação no caso da tragédia do Pinheirinho, sua aproximação com os índios Yanomami, entre outras diversas vivências.

“Eduardo Suplicy nunca fez da política uma profissão, mas uma missão de serviço ao bem comum, a opção clara para com os mais destituídos e para com os movimentos sociais das cidades e do campo.” (Trecho do prefácio de Leonardo Boff)

Confira todas as fotos do encontro com Suplicy no Sindicato clique aqui

Notícias Relacionadas

Nota de falecimento: Luiz Alberto Hoshino, bancário aposentado do BB

Banco do Brasil 29/09/2022

Bancários alcançaram R$ 23.564,98 em verbas relacionadas à alimentação em 2022

29/09/2022

Sindicato vence ação e bancária do Santander recebe quase R$ 400 mil por danos materiais e morais

Santander 29/09/2022

Newsletter