SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Janeiro Branco: Afastamentos por transtornos de saúde mental sobem 38%; Sindicato oferece apoio psicológico aos bancários

23/01/2024

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) o Brasil é considerado o país mais ansioso do mundo e o quinto mais depressivo. Dados do Ministério da Previdência Social mostram que, em 2023, foram concedidos 288.865 benefícios por incapacidade devido a transtornos mentais e comportamentais no Brasil, 38% a mais do que em 2022, quando foram concedidos 209.124 benefícios.

Apesar de representar cerca de 1% do emprego formal no Brasil, a categoria bancária representa 25% dos afastamentos acidentários (B91) por doenças mentais e comportamentais no país. Em 2012, esse percentual era de 12%. Entre 2017 e 2022, o número de afastamentos nos bancos aumentou 26,2%, enquanto no geral a variação foi de 15,4%.

O número de afastamentos entre os bancários, relacionados a problemas de saúde mental e comportamentais, corresponde a 57,1% do total em 2022. Em 2012, esse tipo de afastamento correspondia a apenas 30% dos casos. Ansiedade, depressão, síndrome do pânico e burnout, estão entre os principais transtornos mentais.

Janeiro Branco

“Saúde Mental enquanto há tempo! O que fazer, agora?” é o tema da campanha Janeiro Branco para 2024. A campanha, criada por um grupo de psicólogos, tem como objetivo conscientizar a sociedade sobre a importância da saúde mental e emocional.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região apoia essa campanha e como forma de combate e prevenção ao adoecimento dos trabalhadores da categoria, segue oferecendo apoio psicológico gratuito aos sindicalizados.

Para agendar uma sessão com as psicólogas Ana Letícia San Juan e Mariana Cristina Camilli, os interessados devem entrar em contato com a Secretaria da entidade, através do telefone: (14) 99868-5897. Os atendimentos poderão ser presenciais ou virtuais, dependendo da disponibilidade dos bancários de Bauru e região. Eles terão duração de 50 minutos e serão agendados de hora em hora, mas em caso de emergência, haverá tentativa de encaixe na agenda.

Notícias Relacionadas

Bradesco é condenado a pagar 7ª e 8ª horas à bancária que não exercia cargo de chefia

Bradesco 27/05/2024

Sindicato conquista na Justiça condenação do Santander por danos morais à ex-banespiana

Santander 23/05/2024

Caixa registra lucro de R$ 2,9 bilhões no 1º trimestre, mas reduz 168 postos de trabalho

Caixa Econômica Federal 23/05/2024

Newsletter