SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Dia 6 é dia nacional de protestos contra a reforma da Previdência

Embora texto-base tenha sido aprovado em primeiro turno na Câmara, ainda é possível resistir e lutar

30/07/2019

Compartilhe:

O 2° turno de votação da reforma da Previdência tem data marcada para a próxima terça-feira, dia 6 de agosto. No mesmo dia, trabalhadores de diversas categorias, movimentos sociais, centrais sindicais e estudantes estarão nas ruas para lutar contra essa reforma que enterra a aposentadoria dos brasileiros.

Convocado pela CSP-Conlutas, o Dia Nacional de Atos e Mobilizações acontecerá em todos os estados do País. Em São Paulo, os manifestantes percorrerão a Avenida Paulista. O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região estará presente neste ato.

Para ser aprovada em definitivo, a reforma terá de passar pela segunda votação na Câmara, onde precisa de pelo menos 308 votos, e depois ser votada também em dois turnos no Senado. A mobilização constante pode reverter essa situação.

Centrais traidoras

Lamentavelmente, a votação do 1° turno na Câmara ocorreu sem que tenha havido a necessária mobilização por parte das principais centrais sindicais, como CUT e Força Sindical. Elas se recusaram a chamar uma nova Greve Geral ou um “Ocupa Brasília”, facilitando a primeira aprovação do texto. A oposição parlamentar do PT, PCdoB e PDT também aposta apenas em negociar pequenas alterações que não impedem o brutal ataque às aposentadorias e facilitam o caminho para Bolsonaro retribuir aos banqueiros o apoio para sua eleição.

“Em Bauru seguiremos participando de todos os atos, realizando paralisações e reuniões com os trabalhadores”, afirma Paulo Tonon, funcionário do Banco do Brasil e diretor do Sindicato.

Notícias Relacionadas

TRT reconhece dispensa discriminatória de um trabalhador que foi demitido após retornar de afastamento por Covid-19

07/07/2022

Abertura dos bancos aos sábados e domingos: PL 1043 voltará a ser debatido somente após o período eleitoral

07/07/2022

Caixa custeou obras da mansão de Pedro Guimarães

Caixa Econômica Federal 07/07/2022

Newsletter