SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

DEU NA IMPRENSA – Bradesco é condenado por assédio moral contra gerente PJ

15/09/2022

Compartilhe:

O jornal Valor Econômico desta terça-feira (13), publicou em sua edição a vitória de uma bancária que processou o Bradesco, após sofrer assédio moral.

A trabalhadora prestou serviços ao banco entre 2010 e 2020. Nesse período, passou por diversas funções até se tornar gerente de contas de pessoas jurídicas (PJ). Nesse cargo, enfrentou nível elevado de cobranças; metas inalcançáveis; comparações com os colegas, sendo exposta durante reuniões com toda equipe; e ameaças constantes de demissão, práticas que caracterizam assédio moral.

Diante disso, a juíza titular da 7ª Vara do Trabalho de Santos (SP), Graziela Conforti Tarpani, condenou o Bradesco ao pagamento de R$ 21,3 mil de indenização em favor da empregada, valor equivalente a três vezes o salário que recebia.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região destaca que essa prática abusiva do Bradesco, infelizmente, é uma constante, inclusive com os trabalhadores terceirizados. Em 2021, o banco foi condenado a pagar R$ 15 milhões por danos morais coletivos a terceirizados que sofreram diversos ataques como: assédio moral, demissões arbitrárias por justa causa e coação para pedido de demissão.

Notícias Relacionadas

Nota de falecimento: Luiz Alberto Hoshino, bancário aposentado do BB

Banco do Brasil 29/09/2022

Bancários alcançaram R$ 23.564,98 em verbas relacionadas à alimentação em 2022

29/09/2022

Sindicato vence ação e bancária do Santander recebe quase R$ 400 mil por danos materiais e morais

Santander 29/09/2022

Newsletter