SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Confederação Nacional do Transporte defende o fim da Justiça do Trabalho e do TST

14/12/2018

Compartilhe:

A Confederação Nacional do Transporte (CNT), que apoiou a candidatura do presidente eleito Jair Bolsonaro, divulgou nota defendendo o fim da Justiça do Trabalho e a extinção do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

“É lamentável o que vem acontecendo no TST. No momento em que existe uma nova Legislação Trabalhista, que modernizou muito a relação patrão/empregado, o TST continua com suas súmulas antigas, que vem causando confusão na primeira instância, com decisões contrárias às novas leis trabalhistas, e gerando insegurança jurídica para os empresários”, afirmou Clésio Andrade, presidente da CNT.

Para Clésio, o Tribunal Superior do Trabalho deveria ser extinto no novo governo e suas funções repassadas ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), para “garantir um olhar menos enviesado da Justiça”.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região não concorda com o posicionamento da CNT. Mesmo longe da estrutura ideal, a Justiça do Trabalho ainda serve de balança na relação tão fragilizada entre o empregador e empregado.

 

Notícias Relacionadas

MPT pede que ex-presidente da Caixa seja condenado em R$ 30,5 milhões por assédio moral e sexual

Caixa Econômica Federal 04/10/2022

Bancária aposentada do Santander aceita acordo de R$ 40 mil para encerrar ação de horas extras

Santander 04/10/2022

Bancária da Caixa de Porto Alegre tem o rosto machucado após agressão de cliente

Caixa Econômica Federal 04/10/2022

Newsletter