SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Movimento sindical solicita intermediação do MPT no impasse do pagamento de promoção por mérito na Caixa

01/04/2022

Bancos: Caixa Econômica Federal

Compartilhe:

Por conta do impasse sobre o pagamento dos valores referentes à promoção por mérito na Caixa Econômica Federal, a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) enviou um ofício ao Ministério Público do Trabalho (MPT) solicitando a mediação no caso.

O Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2020/2022 dos empregados da Caixa estabelece que as promoções por mérito (também conhecidas como deltas), referente ao ano base 2021, terão as regras negociadas com as entidades representativas dos empregados. No entanto, o banco tem insistido em negar o ‘delta’ aos empregados que apresentarem uma “falta não justificada” no ano, gerando impasse nas negociações.

O critério exclui os empregados que aderiram à paralisação/greve para reivindicar que o banco corrigisse os valores referentes à Participação nos Lucros e Resultados (PLR) pagos erroneamente.

Para o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região, a Caixa, claramente, quer punir os empregados que lutaram pela correção da PLR. O que é um absurdo, já que os trabalhadores têm direito de greve e o banco foi comunicado com antecedência sobre a paralisação.

 

 

Notícias Relacionadas

Sindicato reforça denuncia ao MPT sobre casos de assédio moral na Caixa

Caixa Econômica Federal 19/09/2022

Empregados da Caixa foram “convidados” a participar de desfile do 7 de setembro em Brasília em apoio ao governo Bolsonaro

Caixa Econômica Federal 12/09/2022

Caixa enrolou negociações durante 10 mesas

Caixa Econômica Federal 06/09/2022

Newsletter