SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

BB, Santander e Caixa se pronunciam sobre o Coronavírus

Compartilhe:

O Banco do Brasil, o Santander e a Caixa se posicionaram sobre as medidas que serão tomadas devido à pandemia do coronavírus. Veja:

Banco do Brasil
O Banco do Brasil irá cancelar viagens nacionais e internacionais, e cursos presenciais; irá substituir reuniões físicas por videoconferências; priorizar o atendimento ao público por funcionários que não integram o grupo de risco, acionar home office de acordo com a criticidade do processo e natureza do trabalho e para grupos de risco nos estados onde há transmissão comunitária conforme divulgação pelo Ministério da Saúde; reforçar higienização e compra de álcool gel , flexibilizar prazo de (re)agendamento de férias, quando necessário, priorizando mães e pais que não têm com quem deixar filhos nos estados onde as aulas foram suspensas; afastar por sete dias os funcionários oriundos de qualquer país, a contar do dia de saída do exterior; reforçar por meio de comunicados a funcionários orientações sobre etiqueta respiratória e compartilhar orientações específicas para o trabalho, conforme a evolução da doença no País.

Santander
O banco informou que, desde ontem (16), está permitido home office para bancários que estão no grupo de risco ao vírus, como aqueles que têm doenças crônicas – diabéticos, hipertensos, cardíacos, asmáticos e outros com problemas respiratório agudos – e os acima de 60 anos.

Caixa Econômica Federal
A Caixa já autorizou os gestores a incluir os empregados no Projeto Remoto (MN RH226) pelos prazos de 14 a 30 dias. A autorização de afastamento por até 14 dias serve para os trabalhadores que voltaram de viagens de países com surto da doença, ou que tiveram contato com pessoas que testaram positivo.

No caso de empregados que apresentem sintomas da doença (tosse, febre ou dificuldade de respirar) devem buscar atendimento médico urgente.

O banco também autorizou o trabalho remoto por até 30 dias para os grupos de risco definidos pelo Ministério da Saúde: gestantes e adultos com 60 anos ou mais.

Seguindo o protocolo do Ministério da Saúde, a Caixa também está orientando a aquisição de álcool gel e máscara para uso. As unidades poderão utilizar a verba de “pronto pagamento” na compra desses itens.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região fez propostas para a Fenaban sobre o funcionamento das agências diante da pandemia de coronavírus, veja aqui.

Além disso, o Sindicato dispensou funcionários da entidade com 60 anos (ou mais).

 

Notícias Relacionadas

Em 5 anos, principais bancos do país fecharam mais de 4 mil agências

Banco do Brasil 21/06/2022

Santander terceiriza setor de investimentos e bancários são “convidados” a pedir demissão

Santander 13/06/2022

Deputados federais devem participar de audiência pública sobre abertura de bancos aos sábados e domingos, nesta quarta-feira

Banco do Brasil 08/06/2022

Newsletter