SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Bancários com doenças relacionadas ao trabalho devem sempre buscar orientação do Sindicato

Ilustração: Freepik

Compartilhe:

Na semana passada, o Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região noticiou a reintegração de uma bancária do Santander que recebeu alta da perícia do INSS, foi considerada inapta pelo médico do banco e, enquanto aguardava o agendamento de uma nova perícia, foi chamada de volta ao trabalho, voltou, e dias depois foi demitida.

Segundo o sindicato paulistano, a bancária foi orientada a retornar ao trabalho por sua supervisora, que afirmou que o Santander “faria os trâmites necessários para a realização da perícia” e garantiu que a trabalhadora não seria desligada.

A trabalhadora buscou a ajuda da entidade, que interveio não só junto ao Santander, mas também junto ao INSS, que deferiu a inaptidão para o retorno e concedeu 12 meses de afastamento para a bancária. Isso fez com que o banco tivesse de cancelar a demissão.

Por isso, o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região sempre lembra: o trabalhador acometido por doença relacionada ao trabalho deve buscar a entidade, que tem advogados à disposição para quaisquer esclarecimentos e orientações. Não fique à mercê de bancos como o Santander, que, mesmo com lucros bilionários, não hesitam em dispensar trabalhadores adoecidos. Vergonha!

Notícias Relacionadas

Santander amplia atendimento de alta renda a todos os clientes

Santander 15/08/2022

À custa da exploração de seus funcionários e cobrança de juros abusivos, Santander lucra R$ 4,084 bi no 2º trimestre

Santander 29/07/2022

Acordo prevê maior prazo para banco de horas negativas no Santander

Santander 26/07/2022

Newsletter