SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Sindicato vai se habilitar na ação que retomou o home office em prédios comerciais do BB

21/01/2022

Bancos: Banco do Brasil

Compartilhe:

O Banco do Brasil foi condenado pela 28ª Vara do Trabalho de São Paulo a retomar o home office para todos os empregados que trabalham em departamentos de prédios comerciais, sem atendimento ao público, “até que haja alteração do quadro de alta proliferação da Covid-19”.

Além disso, a Justiça determinou que o banco também retome o Manual de Trabalho Presencial, que dita os protocolos de segurança sanitária e foi alterado unilateralmente pela instituição no dia 5. Desta forma, a retirada do item que previa o encerramento do expediente em unidades, na hipótese de confirmação de trabalhador contaminado nas últimas 72h, foi suspensa.

“Não é demais relembrar que é dever do empregador manter ambiente de trabalho saudável, zelando pela saúde de seus trabalhadores”, afirmou a juíza do Trabalho Ana Cristina Magalhães Fontes Guedes.

A decisão, que foi proferida na última quarta-feira, 19, em resposta à tutela de urgência protocolada pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, também definiu que o não cumprimento acarretará na aplicação de multa diária de R$ 50 mil ao Banco do Brasil, que deverá ser paga ao Instituto Butantan.

No pedido de tutela, o sindicato destacou que, entre 26 de dezembro e 4 de janeiro, o BB foi informado sobre 32 afastamentos de empregados nos locais de trabalho e que os empregados não estavam conseguindo atendimento médico, tendo que aguardar por até 17h para serem consultados por telemedicina na Cassi.

O movimento sindical também expôs que os trabalhadores dos prédios comerciais que não atendem o público poderiam exercer suas funções normalmente em home office e que a medida protegeria todos do risco de contágio por coronavírus, além de frear a disseminação.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região ressalta que será pedido ainda nesta sexta-feira, 21, a habilitação no processo do Sindicato de São Paulo, para que a decisão seja cumprida na base territorial da entidade.

Na foto, prédio do Escritório Digital e Escritório Leve do BB, em Bauru, onde trabalhadores podem ser beneficiados pela ação. Na quarta-feira, mais de 10 trabalhadores da unidade estavam afastados por Covid-19, sendo um deles internado.

 

 

Notícias Relacionadas

Nota de falecimento: Luiz Alberto Hoshino, bancário aposentado do BB

Banco do Brasil 29/09/2022

Chega de assédio moral! BB de Avaré ganha festa do Sindicato após transferência de gestor

Banco do Brasil 23/09/2022

Sindicato conquista Cassi a aposentado oriundo do Nossa Caixa

Banco do Brasil 21/09/2022

Newsletter