SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Sindicato protesta contra demissão de três bancárias do Itaú

Uma delas tinha acabado de retornar de licença médica e outra, da licença-maternidade

05/11/2019

Bancos: Itaú

Compartilhe:

Só na semana passada, o Itaú mandou pro olho da rua três bancárias da região: foram duas demissões em Bauru e uma em Avaré.
A funcionária de Avaré foi dispensada logo depois de retornar de licença médica (ela tinha se afastado para tratar de um problema psiquiátrico), e uma das demitidas de Bauru tinha retornado da licença-maternidade havia apenas oito meses.

Em protesto contra essas demissões, o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região esteve hoje na agência do Itaú localizada na rua Ezequiel Ramos, onde uma das bancárias foi demitida.

Foi realizada uma reunião com os funcionários para explicar o porquê do protesto. Além disso, foi feita uma panfletagem junto aos clientes, denunciando as três demissões. “O logo do Itaú tem mais estrelas que funcionários em suas agências”, afirma Roberval Pereira, funcionário do banco e diretor do Sindicato.

O Itaú é o banco que mais ganha dinheiro no País. No ano passado, teve o maior lucro da história do sistema financeiro brasileiro: R$ 25 bilhões! Na verdade, todos os cinco maiores lucros da história do setor financeiro foram obtidos pelo Itaú.

É triste ver que, apesar dos recordes de lucratividade, o Itaú não se importa com seus funcionários – demite sem dó. De acordo com o último balanço que divulgou, o banco cortou quase mil empregos entre julho do ano passado e junho deste ano.

O banco alega que as bancárias foram demitidas por queda de performance, de produtividade. Mas a cobrança de metas cada vez mais elevadas é a principal causa de adoecimento entre os bancários – o que é muito grave, pois a categoria bancária é uma das campeãs em afastamentos por doenças psiquiátricas.

O Itaú não precisa demitir trabalhadoras mães de família, nem trabalhadoras com sérios problemas de saúde. Ao contrário, precisa gerar novos empregos de qualidade. Dinheiro não falta.

O Sindicato não aceita demissões injustificadas! Chega!

Notícias Relacionadas

Em 5 anos, principais bancos do país fecharam mais de 4 mil agências

Banco do Brasil 21/06/2022

Itaú demite funcionários adoecidos e dirigentes sindicais, na Colômbia

Itaú 21/06/2022

Deputados federais devem participar de audiência pública sobre abertura de bancos aos sábados e domingos, nesta quarta-feira

Banco do Brasil 08/06/2022

Newsletter