SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Sindicato pede adicional de periculosidade para agência 1º de Agosto do BB

11/02/2019

Bancos: Banco do Brasil

Compartilhe:

Os funcionários do Banco do Brasil que trabalham no prédio da rua Primeiro de Agosto (que abriga a agência 0037-X e a Seret) estão expostos a um risco que não existe em outros locais de trabalho, e esse risco se faz presente na figura de um gerador de energia elétrica alimentado por óleo diesel. Há, inclusive, uma grande quantidade de combustível armazenada permanentemente no local.

Temendo pela integridade física dos trabalhadores, o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região ajuizou em novembro do ano passado uma ação pleiteando que o BB pague adicional de periculosidade para os funcionários lotados no prédio.

O Sindicato também pede que seja realizada uma perícia técnica, por um Engenheiro de Segurança do Trabalho, no setor de tesouraria (Seret), que é onde se encontra instalado o gerador. O objetivo é que sejam apontadas eventuais providências a serem adotadas pelo banco para amenizar eventuais riscos.

Adicional

O adicional de periculosidade é devido não somente a trabalhadores expostos a risco permanente, mas também àqueles expostos a risco intermitente.

Na ação civil coletiva ajuizada pelo Sindicato está explicado que os funcionários lotados no prédio da rua Primeiro de Agosto, especialmente os que trabalham no setor de tesouraria, encontram-se em área considerada de risco, de acordo com o Anexo 2 da Norma Regulamentadora Nº 16 (“Atividades e Operações Perigosas com Inflamáveis”).

Audiência

A primeira audiência do processo aconteceu no último dia 4. Representando o Sindicato estavam o advogado João Popolo Neto, a diretora Michele Montilha e o diretor Paulo Tonon, que é também funcionário do BB.

Como era de se esperar, a entidade não obteve sucesso na audiência de conciliação com o banco.

Notícias Relacionadas

Sindicato reivindica na Justiça direito de férias de 35 dias para egressos da Nossa Caixa com mais de 20 anos de banco

Banco do Brasil 27/06/2022

“BB + leve”: Banco avança com transformação de agências em lojas e coloca em risco vida de bancários e clientes

Banco do Brasil 24/06/2022

Terceirizada do BB é condenada após sumir e não pagar verbas rescisórias e FGTS de trabalhadora

Banco do Brasil 21/06/2022

Newsletter