SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Sindicato paralisa Santander Duque contra demissão injustificada

Trabalhador demitido sem justa causa tinha dez anos de banco e é portador de deficiência

30/08/2019

Bancos: Santander

Compartilhe:

No dia 22, o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região realizou um protesto em frente ao Santander da avenida Duque de Caxias para denunciar mais uma demissão sem justa causa. O empregado demitido tinha cerca de 10 anos de banco e é portador de deficiência. Durante o protesto, os diretores do Sindicato colheram mais assinaturas pela contratação de mais funcionários.

O Santander tem totais condições de não apenas manter seu quadro de empregados, mas também de gerar novos empregos. Em 2018 o lucro do banco cresceu 52% (!!!), ultrapassando a marca dos R$ 12 bilhões, e no primeiro semestre deste ano cresceu mais 17%. O Brasil, atualmente, responde por 29% do lucro mundial da instituição espanhola.

Agência ficou fechada o dia todo; Sindicato montou um painel com reclamações contra o banco pinçadas da página ‘Aonde não ir em Bauru’, do Facebook

Agências autuadas
Mas a ganância do banco é demais! Em seu novo modelo de agência, além de extinguir os caixas, o Santander extinguiu também as portas giratórias, prejudicando o atendimento ao público e colocando em risco trabalhadores e clientes.

Só que essa decisão já está causando contratempos ao banco. Na cidade de São Paulo, por exemplo, pelo menos 18 “lojas” do Santander foram autuadas pela Polícia Federal por não estarem com os planos de segurança atualizados, já que as portas foram retiradas aviso prévio e sem a aprovação da PF.

Para qualquer alteração, inclusão ou exclusão dos dispositivos de segurança, a PF deve ser avisada, para que faça uma vistoria no local. Então, caso aprovadas as alterações, o plano de segurança é atualizado.

Nas mesas de negociação com o movimento sindical, o banco já se negou a reinstalar as portas, afirmando que as novas tecnologias são eficientes.
O Sindicato já ajuizou ação denunciando o atual modelo de agência do Santander e continuará protestando contra os abusos do banco.

Notícias Relacionadas

Em 5 anos, principais bancos do país fecharam mais de 4 mil agências

Banco do Brasil 21/06/2022

Santander terceiriza setor de investimentos e bancários são “convidados” a pedir demissão

Santander 13/06/2022

Deputados federais devem participar de audiência pública sobre abertura de bancos aos sábados e domingos, nesta quarta-feira

Banco do Brasil 08/06/2022

Newsletter