SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Santander da Duque de Caxias e Cesav da Caixa são fechados após casos de coronavírus

06/05/2021

Bancos: Caixa Econômica Federal, Santander

Compartilhe:

A agência do Santander localizada na Avenida Duque de Caxias, em Bauru, ficará fechada nesta quinta-feira (6), após a descoberta de um caso de coronavírus. O local será higienizado ainda hoje, o funcionário infectado foi afastado e o restante da equipe será testado na próxima segunda-feira. Até o momento, a informação é de que a agência permanecerá fechada até os resultados dos exames serem divulgados.

Neste ano, a agência ainda não tinha registrado casos de Covid-19 entre os funcionários. Já no ano passado, a agência foi fechada por três vezes e o banco chegou a negar o pedido do Sindicato dos Bancários de Bauru e Região para que o local recebesse higienização especializada, fato que contribuiu para a disseminação do vírus entre os trabalhadores e possivelmente, entre os clientes.

Ainda hoje, a Cesav (Central de Suporte a Adimplência de Varejo) da Caixa Econômica Federal também registrou um caso de Covid-19. O Sindicato já cobrou o fechamento do local para higienização.

No dia 20, diretores da entidade estiveram na Cesav após a denúncia de que um bancário infectado havia trabalhado presencialmente no dia 19, e o banco ainda não tinha higienizado o local e nem liberado os outros funcionários.

Para o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região, essa atitude negligente da Caixa pode ter ligação com a continuação da disseminação do coronavírus entre os trabalhadores da Cesav. Irresponsabilidade!

Se o banco continuar assim, mais trabalhadores serão expostos ao risco de contágio e terão a vida colocada em risco. Ontem (5), o Brasil completou 50 dias com média de mais de 2 mil mortes diárias por Covid-19. Desde o início da pandemia, 414.645 pessoas foram vitimadas pela doença e 14.936.464 brasileiros foram infectados.

Em Bauru, a cidade já registra 772 óbitos e 39.269 positivos. De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado na noite de quarta-feira, há ainda dois casos de óbitos em investigação.

(Na foto, Paulo Tonon e Alexandre Morales, diretores do Sindicato, quando foram até o prédio da Caixa onde fica a Cesav, para entregar o jornal da entidade, máscaras PFF2 e cobrar a liberação dos funcionários e o fechamento do local para higienização.)

Notícias Relacionadas

À custa da exploração de seus funcionários e cobrança de juros abusivos, Santander lucra R$ 4,084 bi no 2º trimestre

Santander 29/07/2022

Acordo prevê maior prazo para banco de horas negativas no Santander

Santander 26/07/2022

Mesmo com vitória na Justiça, Santander não reintegra bancária adoecida que sofreu assédio moral e sexual

Santander 26/07/2022

Newsletter