SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Santander arma ‘pegadinha’ para os gerentes PJ

26/04/2018

Bancos: Santander

Compartilhe:

O que parecia ser uma “cortesia” da direção do Santander aos gerentes de Pessoas Jurídicas acabou se tornando uma dor de cabeça para eles. O banco passou a fornecer pacotes de telefonia e internet gratuitos a esses gerentes, mas o que eles não esperavam é que, com essa medida, o Santander passasse a cobrar que ficassem à disposição dos clientes até mesmo fora do horário comercial. Ou seja: uma “pegadinha” para os bancários!

Agravantes

A internet “gratuita” ainda veio acompanhada da criação de um novo aplicativo interno, o Santander Now, que veicula conteúdos como cursos e treinamentos – o que também resulta em novas obrigações para além da jornada de trabalho.

Pior ainda: os já sobrecarregados bancários do Santander começaram a ser avaliados pelos clientes a cada atendimento, através do Net Promoter Score (NPS). Com esse novo mecanismo, o banco pretende monitorar a proximidade dos gerentes com os clientes.

A sobrecarga do pessoal do Santander pode ser medida pelo aumento do número de clientes por funcionário, que subiu de 782 para 836 em apenas um ano. Isso evidencia como é difícil é fazer um curso no horário de trabalho.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região vai acompanhar se essas novas ferramentas não estão resultando no descumprimento da convenção coletiva e do acordo do Santander, que proíbem o trabalho remoto sem pagamento de hora extra.

(Bancários na Luta nº 26)

Notícias Relacionadas

Bancários do Santander aprovam acordo aditivo e PPRS

Santander 07/10/2022

Santander volta a ser condenado por não respeitar intervalo intrajornada

Santander 07/10/2022

Bancária aposentada do Santander aceita acordo de R$ 40 mil para encerrar ação de horas extras

Santander 04/10/2022

Newsletter