SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Salário mínimo ideal deveria ser pelo menos 5 vezes maior

11/08/2021

Imagem: rawpixel.com

Compartilhe:

De acordo com uma pesquisa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário mínimo ideal para uma família brasileira deveria ser de R$ 5.518,79 atualmente. O cálculo do Dieese é realizado todo mês levando-se em conta o valor médio da cesta básica nas principais capitais do País para uma família composta por dois adultos e duas crianças.

Segundo informações da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos realizada em julho, a cesta básica mais cara é a de Porto Alegre (RS), onde custa R$ 656,92 — a capital paulista tem a terceira mais cara, com o valor de R$ 640,51. O preço da cesta básica aumentou em 15 das 17 capitais apuradas.

Pelos atuais valores da cesta, o salário mínimo ideal para o mês de julho ideal deveria ter sido mais de cinco vezes maior que o atual, que é de apenas R$ 1.100.

Isso significa que, para conseguir comprar a cesta básica, seria necessário trabalhar 113 horas e 19 minutos. Portanto, é preciso trabalhar mais da metade do mês para garantir apenas os produtos indispensáveis para alimentação, higiene e limpeza. Em relação a junho, o período aumentou em 2 horas e 11 minutos.

O Dieese também calcula o valor da cesta básica com relação ao salário líquido, ou seja, após o desconto da Previdência Social de 7,5% sobre a remuneração bruta. Assim, o gasto comprometeu 55,68% do salário de julho, sendo que em junho o percentual era de 54,79%.

Ou seja: sobram apenas cerca de 45% do salário para custear as demais despesas, como as de energia, água, internet e gás de cozinha.

Notícias Relacionadas

Portal do Inferno do Bradesco: Banco demite mais dois funcionários; Sindicato protesta

Bradesco 17/08/2022

Santander atende reivindicação do movimento sindical e estende período de amamentação de 9 para 12 meses

16/08/2022

Governo Bolsonaro reedita Resolução CGPAR e segue com ataque aos funcionários das empresas estatais federais

Banco do Brasil 16/08/2022

Newsletter