SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Por conta de metas, bancários do BB não têm tempo nem de ir ao banheiro

09/10/2023

Bancos: Banco do Brasil

No final de setembro, o movimento sindical paulista denunciou que os bancários que trabalham na Central de Relacionamento do Banco do Brasil (CRBB), no Complexo Verbo Divino, em São Paulo, não estavam com tempo para utilizar o banheiro, por conta da meta de disponibilidade.

A meta de disponibilidade é o tempo que o bancário do CRBB tem de estar disponível para atendimento aos clientes. Recentemente, o BB aumentou essa meta, dificultando o tempo de uso do banheiro pelos empregados. Agravando ainda mais a situação, para utilizar o banheiro, esses bancários precisam se deslocar para outros andares do prédio, porque não há sanitários no andar em que trabalham.

Além disso, há algum tempo, os gerentes deixaram de possuir a liberdade de fazer ajustes na meta de disponibilidade por conta de situações específicas e emergenciais.

Diante desse desaforo, o movimento sindical cobrou do BB o respeito ao direito de uso do banheiro sempre que necessário, sem que os empregados sejam penalizados em suas metas. Após a cobrança, os gestores da CRBB confirmaram que farão o ajuste da disponibilidade.

Denuncie!

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região solicita que, caso algum empregado de nossa base territorial tenha qualquer impedimento quanto ao uso do banheiro durante a jornada de trabalho, ou enfrente/presencie qualquer outra irregularidade, denuncie o caso à entidade, através do contato: (14) 99868-4934. O sigilo é garantido.

Reprimir vontade de ir ao banheiro faz mal à saúde! Não aceite essa situação!

Notícias Relacionadas

TST concede liminar determinando que BB permita o ingresso de aposentados oriundos do BNC na CASSI; Sindicato vai ajuizar execuções individuais

Banco do Brasil 17/05/2024

Sindicato vai à Justiça cobrar do BB reintegração de bancário autista, demitido durante estágio probatório

Banco do Brasil 15/05/2024

Presidente do BB tem aumento salarial de 4,62%, após proposta de 57% ser rejeitada por acionistas

Banco do Brasil 15/05/2024

Newsletter