SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Pente-fino no INSS prejudica adoecidos

24/01/2019

Compartilhe:

No último dia 18, o presidente Jair Bolsonaro assinou uma medida provisória cujo objetivo seria combater as fraudes no INSS. O governo pretende reavaliar 5,5 milhões de benefícios, e a expectativa é de economizar até R$ 9,8 bilhões somente neste ano.

Esse tipo de medida não é novo. Dilma e Temer tomaram decisões semelhantes, também com a desculpa de combate a eventuais fraudes. O agravante, desta vez, é a ampliação da política de premiação dos peritos do INSS a cada benefício cancelado. “Os peritos estão contando com essas bonificações como parte de seu salário”, afirma Maria Emília, diretora de Saúde do Sindicato dos Bancários de Bauru e Região. “O governo não vê a fraude como exceção, e sim como regra.”

No pente-fino do governo Temer, foi comum o cancelamento de benefícios pelo INSS e a posterior reversão desses cancelamentos pela Justiça. Ou seja: para o Sindicato (que ajuiza ações judiciais desse tipo), medidas como essa geram, na verdade, uma falsa economia.

Notícias Relacionadas

Santander alcança lucro de R$ 12,9 bilhões em 2022

Santander 03/02/2023

TCU determina que BB abra concurso específico para preencher cota mínima de PCDs

03/02/2023

Reforma da Previdência aumentou em quase 3 anos tempo para trabalhadores se aposentarem

03/02/2023

Newsletter