SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Metas via WhatsApp são proibidas!

Compartilhe:

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região voltou a receber denúncias de que alguns bancos criaram grupos de WhatsApp para cobrança de metas nos celulares particulares dos bancários.

O Sindicato já contatou a direção dos bancos denunciados, relembrando que essa prática é proibida pela Convenção Coletiva da categoria, que proíbe qualquer cobrança por meio de celular particular (leia abaixo a cláusula 37 da CCT 2016-2018) para todos os bancos.

Os grupos de WhatsApp estimulam ainda mais o assédio moral, já que a cobrança excessiva de produtividade é exposta a todos os colegas e caso o trabalhador não alcance essa meta abusiva, poderá ser menosprezado e até mesmo ridicularizado pelos gestores ou colegas.

“Nesses grupos, os bancários tem de informar durante todo o dia sua produção e recebem emojis de palmas a cada produto vendido. Os bancários não merecem tanto assédio disfarçado de motivação!”, afirma Maria Emília, bancária do Santander e diretora do Sindicato.

É importante lembrar que a consequência dessa exposição ilegal e o sentimento de frustração do bancário podem levar o trabalhador ao adoecimento. Por isso, o Sindicato reafirma a importância de cumprir a cláusula que impede o monitoramento de resultados. Caso haja o descumprimento, a entidade deverá ser comunicada imediatamente para que as medidas legais sejam tomadas e a multa prevista na CCT seja cobrada. Estamos de olho!

Notícias Relacionadas

Em 5 anos, principais bancos do país fecharam mais de 4 mil agências

Banco do Brasil 21/06/2022

Santander terceiriza setor de investimentos e bancários são “convidados” a pedir demissão

Santander 13/06/2022

Deputados federais devem participar de audiência pública sobre abertura de bancos aos sábados e domingos, nesta quarta-feira

Banco do Brasil 08/06/2022

Newsletter