SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Mercantil do Brasil recebe multa de R$ 50 mil por demora no atendimento e por aglomeração em três agências

14/05/2021

Bancos: Outros

Compartilhe:

Na semana passada, o Procon vistoriou três agências do Mercantil do Brasil no município de Juiz de Fora (MG) e observou, em todas as unidades, desrespeito ao distanciamento e demora no atendimento. Assim, o órgão emitiu seis autuações, duas para cada agência.

Juiz de Fora tem a Lei nº 11.023/2005, que exige que os bancos atendam o público em até 15 minutos nos dias da semana e em até 30 minutos em dias anteriores ou posteriores a feriados prolongados.

De acordo com o jornal Tribuna de Minas, “por meio da ação coletiva de consumo proposta pelo Procon/JF, a 2ª Vara da Fazenda Pública e Autarquias Municipais da Comarca de Juiz de Fora determinou que fosse fixada multa de valor de R$ 50 mil por cada nova violação à lei 11.023/2005 constatada pelos fiscais”.

Ainda segundo o jornal, “além de autuar as agências do Mercantil do Brasil, o Procon deve apresentar petição na justiça para aumentar o valor da multa para R$ 100 mil”, pois, “segundo o órgão, a multa anterior estipulada não inibiu a conduta irregular do banco”.

“Desde março, o Procon realizou 13 vistorias em agências do Mercantil do Brasil e 12 autos de infração foram emitidos”, lembra a reportagem.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região lembra também que, durante esta pandemia, as agências bauruenses do Mercantil do Brasil já apareceram na imprensa local justamente por causa de filas gigantescas e sem o devido distanciamento entre as pessoas (idosos, na grande maioria).

Em janeiro, o Sindicato disponibilizou em seu canal no YouTube um vídeo feito por uma mulher para denunciar o descaso do banco com seus clientes. A gravação mostra uma dessas filas e, ao lado dela, uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), chamada porque havia idosos passando mal à espera do atendimento. Assista ao vídeo em https://youtu.be/PIiuPfUcA-4.

(Na foto, fila giganesca registrada pelo Sindicato no MB de Avaré em agosto do ano passado.)

Notícias Relacionadas

Demissão em massa: Mercantil do Brasil encerra atividades no Rio de Janeiro

Outros 23/06/2022

Deputados federais devem participar de audiência pública sobre abertura de bancos aos sábados e domingos, nesta quarta-feira

Banco do Brasil 08/06/2022

Empregados do Mercantil do Brasil denunciam casos de assédio moral e cobrança excessiva de metas

Outros 07/06/2022

Newsletter