SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

Notícias

Itaú, Bradesco e Santander divulgam lucros do 3º trimestre

08/11/2018

Bancos: Bradesco, Itaú , Santander

Compartilhe:

Os três maiores bancos privados do País (Itaú, Bradesco e Santander) já divulgaram os resultados referentes ao terceiro trimestre. O Banco do Brasil vai divulgar seus números no dia 8.

Itaú
No dia 30, o Itaú anunciou que obteve lucro líquido de R$ 18,772 bilhões de janeiro a setembro. O número é 3,46% maior que o do mesmo período do ano passado. Já o lucro líquido recorrente (que não leva em conta receitas e despesas extraordinárias) foi de R$ 19,255 bilhões, tendo crescido 3,52%.
O número de colaboradores do Itaú também cresceu, de 96.326 para 100.756. Especificamente no Brasil, o banco contava com 87.070 empregados ao fim do último mês de setembro – 4.669 a mais que um ano antes. Quanto ao número de agências, o Itaú fechou duas unidades em 12 meses.

Santander
O Santander, no dia 31, anunciou lucro líquido societário de R$ 8,831 bilhões nos primeiros nove meses do ano. Na comparação com o mesmo período de 2017, o lucro cresceu nada menos que 60,6%!
O lucro líquido gerencial, que exclui os fatores extraordinários, foi de R$ 8,992 bilhões (24,9% maior).
O número de funcionários também aumentou, mas isso se deve ao fato de que, a partir do primeiro trimestre de 2018, o banco começou a contar o pessoal das empresas de tecnologia Produban e Isban (na ocasião, o informe de resultados do Santander Brasil mostrou um acréscimo de 1.451 funcionários). A verdade é que, nos nove meses deste ano, o banco cortou 1.019 empregos.

Bradesco
No dia 1, o Bradesco divulgou lucro líquido de R$ 14,004 bilhões entre janeiro e setembro, 28,87% mais alto que o do mesmo período de 2017. O lucro líquido recorrente foi de R$ 15,764 bilhões (crescimento de 11,1%).

O banco encerrou setembro com 98.159 funcionários, mais 14.990 “contratados e estagiários”. Em setembro do ano passado, o Bradesco contava com 100.688 funcionários e 15.376 contratados e estagiários. A diminuição, nos dois casos, foi de 2,5%.

Para o Sindicato é uma afronta que no meio de uma crise financeira que afeta toda a população brasileira, os bancos sigam tendo aumento de lucro nessas proporções. “A bancarização e o lucro aumentaram, é preciso contratar mais!”, afirma Priscila Rodrigues, diretora do Sindicato dos Bancários de Bauru.

Notícias Relacionadas

Santander vai parar de patrocinar seu fundo de previdência

Santander 02/10/2018

Sindicato aciona Justiça para que Santander pague a ‘gratificação especial’ a todos que têm direito

Santander 24/09/2018

Assembleia sobre aditivo do Santander é hoje

Santander 20/09/2018

Newsletter