SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

FIM DO HOME OFFICE: Em reunião com o Sindicato, Fenaban afirma que bancários devem retornar ao trabalho gradualmente

05/10/2021

Maria Emília, Tonon e Alexandre, diretores do Sindicato, participam de reunião com a Fenaban

Compartilhe:

A Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) afirmou ontem (4), durante reunião com o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região, que todos os trabalhadores que ainda se encontram em home office – inclusive os que se enquadram no grupo de risco – serão convocados a retornar ao trabalho presencial de forma gradual e escalonada.

De acordo com a Federação, a decisão foi tomada por conta da queda do número de agências que registraram casos de coronavírus e, principalmente, pelo fim das restrições de horário e público para as atividades comerciais. Após a reabertura de diversos setores, o movimento das agências bancárias passou a ser ainda maior, sobrecarregando os funcionários que estão trabalhando presencialmente.

Sobre a vacinação, a Fenaban afirmou que os bancos irão orientar todos os funcionários sobre a importância de completarem o esquema vacinal contra a Covid-19 e que está estudando a possibilidade de exigir passaporte que comprove a imunização dos trabalhadores e clientes, no entanto, como isso é uma medida sanitária coletiva, cada município estabelece suas próprias exigências, fato que prejudica a decisão dos bancos em exigir o certificado. Apesar desse obstáculo, a Fenaban reforçou que os bancos irão prezar por aqueles funcionários que aderirem ao pacto coletivo.

Ainda sobre o retorno dos funcionários que estavam em home office, no caso dos trabalhadores que até o momento não tomaram a segunda dose da vacina contra a Covid-19, os bancos foram orientados a convocá-los somente 14 dias após a imunização estar completa.

O Sindicato ressaltou que apesar do Brasil ter registrado queda nos óbitos nas últimas semanas, a taxa de transmissão de Covid voltou a subir em vários estados. Por conta disso, a entidade frisou que o passaporte será fundamental para a proteção da categoria, dos clientes e dos usuários dos bancos, e solicitou que as instituições façam campanhas incentivando a vacinação.

Para embasar esse posicionamento, o Sindicato citou um estudo realizado na Inglaterra, que concluiu que pessoas totalmente vacinadas têm três vezes menos risco de serem diagnosticadas com Covid-19 do que aquelas que não foram imunizadas. Além disso, a entidade destacou que apenas 44,20% da população completou o esquema vacinal até o momento.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região não irá aceitar que os bancos desrespeitem o processo gradual de retorno ao trabalho presencial. A entidade reforça que estará de olho nos impactos do retorno e pede para que os trabalhadores denunciem qualquer problema sobre essa situação. As denúncias podem ser feitas através do link (https://bit.ly/3ill432), que direcionará ao WhatsApp do Sindicato. A identidade do bancário será preservada.

 

 

Notícias Relacionadas

MPT pede que ex-presidente da Caixa seja condenado em R$ 30,5 milhões por assédio moral e sexual

Caixa Econômica Federal 04/10/2022

Bancária aposentada do Santander aceita acordo de R$ 40 mil para encerrar ação de horas extras

Santander 04/10/2022

Bancária da Caixa de Porto Alegre tem o rosto machucado após agressão de cliente

Caixa Econômica Federal 04/10/2022

Newsletter