SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Falta de segurança gera caso de violência no Bradesco Falcão, em Bauru

26/07/2022

Bancos: Bradesco

Compartilhe:

Em consequência da falta de profissionais de segurança e porta giratória na agência do Bradesco da Vila Falcão, em Bauru, dois funcionários da unidade foram expostos à ira de um cliente, na segunda-feira (25).

O cliente chegou ao local já alterado e foi atendido por uma bancária que, amedrontada por seu comportamento descontrolado, solicitou que ele se acalmasse para que o atendimento pudesse ser realizado de forma respeitosa. Contudo, subitamente, o cliente deu um soco na mesa da trabalhadora e partiu para a violência verbal. Ao presenciar a ameaça à colega, outro bancário tentou intervir na situação e também sofreu o mesmo tipo de agressão do cliente.

Diante da confusão, o cliente foi direcionado a conversar com o gerente geral da agência e, finalmente, se acalmou. Ao saber do caso, o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região ofereceu apoio aos trabalhadores, registrou boletim de ocorrência e cobrou da direção do banco a volta dos vigilantes e de dispositivos de segurança na unidade.

BB Rui Barbosa

Infelizmente, após os bancos transformarem as agências em unidades de negócio, casos de violência contra bancários são recorrentes em todo o país. Em abril de 2021, um bancário da agência do Banco do Brasil localizada na Praça Rui Barbosa, no Centro de Bauru, sofreu tentativa de agressão por um cliente que entrou com uma barra de ferro no local, que não possuía portas giratórias.

Após o caso, o Sindicato cobrou do banco a urgente instalação do item, para que o controle de acesso fosse devidamente realizado e os trabalhadores pudessem exercer suas funções em segurança. O BB atendeu a reivindicação da entidade e de diversos bancários e instalou, no começo deste ano, as portas que haviam sido retiradas.

O Sindicato repudia todo tipo de violência e reafirma que a falta de segurança nos bancos é uma prática irresponsável, que traz grave risco a vida de todos os trabalhadores, clientes e usuários.

(Na foto, Paulo Tonon e Pedro Valesi, diretores do Sindicato, na agência onde aconteceu o caso)

 

Notícias Relacionadas

Confira as datas de pagamento da PLR dos bancos privados

Bradesco 13/09/2022

Sindicato realiza protesto na regional do Bradesco em Marília, após 5 demissões sem justa causa

Bradesco 08/09/2022

DEU NA IMPRENSA – “Fechamento de agências bancárias dificulta atendimento no centro-oeste paulista”

Bradesco 19/08/2022

Newsletter