SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Fala, bancário!

Vamos ajudar a Lívia!

12/04/2019

Peço licença aos bancários para falar de um assunto urgente, que não tem a ver com a categoria, mas sim com uma sobrinha-neta minha, a Lívia, de oito anos de idade.

Lívia teve diagnosticado um tumor maligno de alto grau em seu cérebro, um glioma, e para sobreviver ela depende de um tratamento muito caro. Ela já passou por uma cirurgia de emergência em Bauru e por outra cirurgia em São Paulo, que custou R$ 200 mil. Também precisou passar por um exame que custou R$ 25 mil e que foi pago com dinheiro de doações.

Agora, a família pede ajuda para um tratamento oncológico bem específico que custa R$ 50 mil. No último dia 4 Lívia começou a quimioterapia (que consiste em um comprimido diário durante 42 dias) e, no dia 10, a radioterapia (que tem de ser feita na cidade de São Paulo).

A imprensa local divulgou a história com mais detalhes. Dois bons exemplos são as reportagens do site Social Bauru (“População se mobiliza para ajudar bauruense de 8 anos com tumor cerebral raro”, do dia 3) e da 94 FM (“Vamos ajudar a Lívia: família pede doações para auxiliar no tratamento da filha”, do dia 4).

Quem puder fazer uma doação para ajudar a pequena deve depositar qualquer quantia na conta poupança 20907-4 (variação 51) da agência 1594-6 do Banco do Brasil, em nome de Lívia Campanholi Pimentel. A família está negociando com o plano de saúde a cobertura de pelo menos parte dos gastos, e se ao fim do tratamento restarem recursos, eles serão doados a alguma entidade de Bauru. Agradecemos imensamente toda ajuda.

Antônio Wagner Lúcio da Silva, funcionário do Itaú e diretor do Sindicato dos Bancários de Bauru e Região

Notícias Relacionadas

TST concede liminar determinando que BB permita o ingresso de aposentados oriundos do BNC na CASSI; Sindicato vai ajuizar execuções individuais

Banco do Brasil 17/05/2024

Encontro da FNOB que vai definir pautas da Campanha Salarial será nos dias 25 e 26 no Maranhão

17/05/2024

Mulheres recebem 19,4% a menos que os homens em média, aponta relatório nacional

16/05/2024

Newsletter