SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Empregados do Mercantil do Brasil denunciam casos de assédio moral e cobrança excessiva de metas

07/06/2022

Bancos: Outros

Compartilhe:

A Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Banco Mercantil do Brasil denunciou, no dia 31, diversos casos de assédio moral e cobrança excessiva de metas praticados pela Superintendência Comercial do banco.

Segundo relatos, os funcionários estão sendo ameaçados de demissão sumária por uma Superintendente Comercial, caso não cumpram as metas impostas durante todo o horário de atendimento, inclusive por videoconferências. Entre elas, estão as vendas de produtos aos aposentados.

Além disso, houve ameaça de que o expediente nas agências somente seria encerrado após o cumprimento integral das metas e os funcionários com as piores performances do mês seriam expostos junto aos demais colegas, prática que viola a cláusula 39ª da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria bancária, que proíbe a exposição de funcionários.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região repudia a postura do Mercantil do Brasil, que, infelizmente, é institucionalizada e não é novidade, já que a alta rotatividade na instituição gira em torno de 24% ao ano. A entidade tem acompanhado a situação nas agências de sua base territorial e denuncia constantemente casos de demissões em massa e as consequências do quadro reduzido de funcionários: sobrecarga de trabalho, adoecimento e longas filas para atendimento. Inaceitável!

Notícias Relacionadas

Confira as datas de pagamento da PLR dos bancos privados

Bradesco 13/09/2022

Sindicato realiza assembleia para deliberar acordo de PLR e auxílio educacional do Mercantil, na quinta-feira, 15

Outros 12/09/2022

Demissão em massa: Mercantil do Brasil encerra atividades no Rio de Janeiro

Outros 23/06/2022

Newsletter