SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Deputados aprovam inclusão dos bancários entre os grupos prioritários da vacinação

Compartilhe:

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (17) o Projeto de Lei nº 1.011/20, que inclui os bancários e alguns outros grupos profissionais entre os que terão prioridade no Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19. Agora, o projeto será encaminhado para o Senado.

Dias atrás, já tinha sido aprovada a prioridade na vacinação para caminhoneiros autônomos e motoristas de transporte rodoviário de cargas, para trabalhadores de transporte coletivo rodoviário e metroviário de passageiros, para pessoas com doenças crônicas, doenças raras e que tiveram embolia pulmonar, para agentes de segurança pública da ativa e para agentes da segurança privada que estejam em atividade externa.

Na manhã de hoje, foram incluídos, além dos bancários, os seguintes dez grupos:

  • profissionais do Sistema Único de Assistência Social (Suas), das entidades e organizações de assistência social, e dos conselhos tutelares que prestam atendimento ao público;
  • trabalhadores da educação do ensino básico em exercício nos ambientes escolares;
  • coveiros, atendentes e agentes funerários;
  • profissionais que trabalham em farmácias;
  • oficiais de justiça;
  • profissionais de limpeza pública;
  • empregados domésticos;
  • taxistas, mototaxistas, motoristas de aplicativos;
  • trabalhadores do transporte coletivo urbano;
  • entregadores de aplicativos.

Para o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região, é preciso pressionar os senadores a votarem rapidamente o projeto. O Brasil deve atingir neste fim de semana a triste marca dos 500 mil mortos pelo coronavírus, e a categoria bancária é uma das mais expostas ao risco de contágio, seja por causa do decreto de Bolsonaro que considera “essencial” o funcionamento dos bancos, seja por causa do ambiente das agências, que invariavelmente não contam com circulação de ar adequada.

(Na foto, bancários de Bauru na concentração da carreata “Sem vacina, sem atendimento!”, promovida pelo Sindicato em 23 de março.)

Notícias Relacionadas

Santander alcança lucro de R$ 12,9 bilhões em 2022

Santander 03/02/2023

PLR do Santander será paga dia 28 de fevereiro

Banco do Brasil 02/02/2023

Novo Regional do Santander envia cobrança de metas nos telefones pessoais dos empregados; Prática é proibida pela CCT e por liminar obtida pelo Sindicato!

Santander 13/01/2023

Newsletter