SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Caixa disponibiliza termo de adesão ao PDV com cláusula prejudicial aos empregados; Atente-se ao preenchimento!

06/03/2024

Bancos: Caixa Econômica Federal

A Caixa Econômica Federal disponibilizou aos seus empregados no dia 4, o Termo de Adesão ao Programa de Desligamento Voluntário (PDV). O documento trazia uma cláusula (quarta) onde os empregados autorizavam o uso de verbas indenizatórias do plano para quitação de ações trabalhistas. Ao perceber que o ponto poderia gerar perdas aos empregados, o movimento sindical exigiu a correção do termo.

Segundo o banco, foi publicada uma versão errada do termo, mas já foi feita a substituição do documento. Aqueles que assinaram o termo antes da correção, devem acessar o sistema (sipga.caixa), preencher e assinar o termo correto. Caso o empregado já tenha anexado a via anterior, será possível substituí-la pela atualizada.

Regras PDV 2024

O PDV tem um limite de adesões de 3.200 empregados. O prazo para adesão teve início no dia 4 de março e encerra-se no dia 31 de maio. O período de desligamento será entre 1 de julho e 30 de agosto.

Os empregados serão comunicados sobre o resultado da solicitação no e-mail corporativo, ou poderão consultar os canais de atendimento oficiais. Atenção: a data de desligamento será confirmada pela área de pessoas, não sendo permitida sua alteração por solicitação do empregado.

Quem pode aderir?

Podem aderir ao PDV os empregados que cumprirem ao menos uma das seguintes condições:

  • aposentados pelo INSS até 13 de novembro de 2019;
  • aptos a se aposentar pelo INSS e que não requereram sua aposentadoria até 28 de fevereiro; com no mínimo 15 anos de Caixa em 31/12/2023; ou que recebem a rubrica de adicional de incorporação até 31/12/2023.

Remunerações Base (RB)

O número de Remunerações Base (RB) pagos à título de incentivo será calculado pela seguinte fórmula:

Idade + tempo efetivo de Caixa (em anos, apurados em 31/12/2023) x 0,1 + 1 RB (caso o empregado tenha se aposentado pelo INSS até 13/11/2019) + 0,5 RB (caso receba adicional de incorporação em 31/12/2023), com limite de 15 Remunerações Base (RB) ou R$ 650.000,00.

Manutenção Saúde Caixa

O Saúde Caixa poderá ser mantido por tempo indeterminado com a participação da CEF no custeio (conforme previsto pelo ACT específico do plano de saúde em vigor e RH221), pelos empregados:

  • Admitidos até 31 de agosto de 2018, que se aposentaram até 13 de novembro de 2019 ou que ingressaram na Caixa aposentados pelo INSS e que tenham ao menos 120 contribuições para o plano
  • Aptos a se aposentar que tenham requerido a aposentadoria após a publicação da CI, desde que a data de início do benefício (DIB) seja anterior à data de desligamento.

Nas demais situações, a permanência no plano será permitida por até 24 meses, com custeio integral pelo empregado.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região divulgará, nos próximos dias, um vídeo em seu canal no Youtube (clique aqui) sobre o novo PDV. Empregados da CEF que tiverem dúvidas a respeito do termo de adesão podem entrar em contato com o departamento jurídico da entidade: (14) 99868-4631 e (14) 99867-8667.

Notícias Relacionadas

Caixa registra lucro de R$ 2,9 bilhões no 1º trimestre, mas reduz 168 postos de trabalho

Caixa Econômica Federal 23/05/2024

Eleições Funcef 2024: Fabiana Matheus é eleita como suplente do Conselho Deliberativo

Caixa Econômica Federal 14/05/2024

Inundações no RS: Empregados da Caixa têm direito a adiantamento emergencial de até 10 salários

Caixa Econômica Federal 08/05/2024

Newsletter