SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Banco do Brasil estipula meta para reduzir autenticações nos caixas

20/05/2022

Bancos: Banco do Brasil

Compartilhe:

Objetivo é exterminar a função de caixa nas agências fazendo com que eles orientem clientes a usar apenas autoatendimento

 

Desde o início do mês, aumentam as denúncias em São Paulo e no Rio de Janeiro de que os caixas do Banco do Brasil estão sendo orientados a passar a maior parte do tempo de sua jornada de trabalho no autoatendimento. A estratégia é estimular os clientes a não utilizar os serviços dentro das agências, para reduzir o número de autenticações nos caixas e, assim, abrir caminho para extinguir a função de caixa no BB. Tudo amparado pelo PSO (Plataforma de Suporte Operacional), setor que agrega os caixas e a área de tesouraria das agências.

No ano passado, o BB já havia investido contra a função dos caixas, mas a mobilização dos funcionários e sindicatos, somados a ações judiciais, adiou o plano, que agora volta com força total. A meta em 2022 é utilizar os próprios bancários que atuam como caixa a trabalhar como a função que eles desempenham. Incentivando até os clientes a participar deste desmonte.

Para o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região as filas constantes nas agências do BB, inclusive nas baterias de caixas, demonstram que ainda não é hora de extinguir a função de caixa, por mais que o banco queira.

 

Imagem mostra fila na frente da agência da Praça Rui Barbosa, em Bauru, durante pandemia.

Notícias Relacionadas

“BB + leve”: Banco avança com transformação de agências em lojas e coloca em risco vida de bancários e clientes

Banco do Brasil 24/06/2022

Terceirizada do BB é condenada após sumir e não pagar verbas rescisórias e FGTS de trabalhadora

Banco do Brasil 21/06/2022

Em 5 anos, principais bancos do país fecharam mais de 4 mil agências

Banco do Brasil 21/06/2022

Newsletter