SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Aumento da coparticipação da Cassi penaliza associados

04/01/2019

Bancos: Banco do Brasil

Compartilhe:

Com a pretensão de arrecadar mais R$ 84 milhões dos associados, no final de novembro a Diretoria e o Conselho Deliberativo da Cassi alteraram o Regulamento do Plano Associados e aumentaram a coparticipação em consultas de 30% para 40% e em serviços de diagnose e de 10% para 20% em terapia.

Os representantes eleitos com o apoio do Sindicato dos Bancários de Bauru votaram contra a alteração, enquanto o diretor eleito Satoru e o conselheiro eleito Faraco, votaram junto com o banco. Os demais representantes votaram contra.

Estranhamente, o Banco do Brasil ficou de fora de qualquer novo custo adicional com a Cassi e também não foi marcada uma nova rodada de negociação com as entidades sindicais sobre o tema.
Tudo isso ocorre após a proposta de novo custeio apresentada pelo BB e pela Cassi ser rejeitada por quase 70% de seus associados.

“O banco ignora a vontade de seus funcionários e os onera unilateralmente. Uma afronta!”, afirma Paulo Tonon, funcionário do Banco do Brasil e diretor do Sindicato.

O departamento jurídico do Sindicato estuda se cabe medida judicial para barrar esse aumento que altera o custeio atual da Cassi.

Notícias Relacionadas

“BB + leve”: Banco avança com transformação de agências em lojas e coloca em risco vida de bancários e clientes

Banco do Brasil 24/06/2022

Terceirizada do BB é condenada após sumir e não pagar verbas rescisórias e FGTS de trabalhadora

Banco do Brasil 21/06/2022

Em 5 anos, principais bancos do país fecharam mais de 4 mil agências

Banco do Brasil 21/06/2022

Newsletter