SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Assembleia aprova ajuda mensal do Sindicato no combate à fome

04/06/2021

Foto: Freepik

Compartilhe:

Em assembleia ocorrida na última terça-feira (1º), foi aprovado que o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região destine, todo mês, R$ 1,8 mil a serem gastos preferencialmente com cestas básicas ou então doados a entidades e iniciativas que visem combater a fome. A ajuda financeira vai durar, pelo menos, até o fim do mandato da atual Diretoria, que se encerra em março do ano que vem.

O Sindicato conta com a colaboração dos bancários nessa ação solidária, no sentido de participar da distribuição de cestas básicas ou de sugerir o destino do valor mensal. Quem tiver qualquer sugestão pode comunicá-la à entidade via e-mail ([email protected]) ou WhatsApp (14 99868-4934).

Não são poucos os brasileiros que vivem o problema da fome, agravado enormemente neste tempo de pandemia. Em meados de abril, foi divulgado um estudo do grupo “Alimento para Justiça” — da Universidade Livre de Berlim, em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Universidade de Brasília (UnB) — revelando que 125 milhões de brasileiros sofreram alguma insegurança alimentar ao longo da pandemia. Isso significa que 59,4% dos brasileiros não sabiam se teriam comida no prato no dia seguinte em algum momento dos últimos 13 meses.

Além desse dado assustador, ainda houve o levantamento feito pela Fundação Getulio Vargas (FGV), divulgado também em abril, revelando que o número de cidadãos que vivem abaixo da linha da pobreza triplicou nesse período, tendo atingido cerca de 27 milhões de pessoas, ou 12,8% da população brasileira.

Para o Sindicato, o aumento da fome e da miséria no Brasil é resultado da política de Jair Bolsonaro, que não comprou vacinas quando teve oportunidade e demorou para voltar a pagar o auxílio emergencial — e agora que voltou, está pagando um valor muito inferior, insuficiente para atender às necessidades mais básicas da população.

Notícias Relacionadas

Portal do Inferno do Bradesco: Banco demite mais dois funcionários; Sindicato protesta

Bradesco 17/08/2022

Santander atende reivindicação do movimento sindical e estende período de amamentação de 9 para 12 meses

16/08/2022

Governo Bolsonaro reedita Resolução CGPAR e segue com ataque aos funcionários das empresas estatais federais

Banco do Brasil 16/08/2022

Newsletter