SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

7 de setembro: atos em todo o Brasil pelo impeachment de Bolsonaro

24/08/2021

Compartilhe:

No Dia da Independência do Brasil, 7 de setembro, milhares de brasileiros voltarão às ruas para defender a democracia e protestar contra o governo Bolsonaro, pedindo o impeachment do presidente. Os atos foram convocados por meio de uma nota da Campanha Fora Bolsonaro, que reúne centrais sindicais e diversas organizações e entidades, juntamente com o Grito dos Excluídos.

“A democracia e a soberania brasileira estão sob ataque. O presidente Jair Bolsonaro e sua base ameaçam o país com um golpe. São ameaças diárias com palavras, tanques das Forças Armadas, chantagens e ataques às instituições e aos Poderes da República baseados em mentiras e desinformação. Enquanto isso, o coronavírus segue matando no Brasil num genocídio que já tirou a vida de quase 600 mil brasileiros e já deixou mais de 130 mil órfãos. O medo da morte que assola nosso povo não vem só da doença, mas também do desemprego, da fome, do frio e da violência policial contra o povo negro e periférico. São mortes que poderiam ser evitadas, se não vivêssemos num país em que o Presidente da República aposta na desestabilidade e multiplicação das crises”, diz a nota.

Ameaças

Na semana passada, Bolsonaro enviou do seu celular particular uma mensagem convocando seus apoiadores a darem “o último aviso” no dia 7 de setembro, insinuando possível golpe após a data.

Poucos dias depois, o cantor Sérgio Reis e o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ), ambos apoiadores de Bolsonaro, foram alvos de uma operação da Polícia Federal, que investiga a incitação de “atos violentos e ameaçadores contra a Democracia, o Estado de Direito e suas instituições, bem como contra os membros dos Poderes”.  Alexandre de Moraes, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), decidiu que o cantor e outras oito pessoas não podem chegar a um quilômetro da Praça dos Três Poderes (onde fica o Congresso, o STF e o palácio do Planalto), de ministros do STF ou de senadores. Além disso, eles também não poderão participar de nenhum evento nas ruas de Brasília.

No dia 20, Bolsonaro apresentou ao Senado um pedido de impeachment de Moraes, afirmando que está sendo perseguido pelo ministro com os inquéritos da fake news, dos atos antidemocráticos e das “milícias digitais”.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região estará nas ruas no dia 7 de setembro, ao lado dos milhares de brasileiros que defendem a democracia e o impeachment de Bolsonaro. Chega de ataques, ameaças, negacionismo e desgoverno! Vamos à luta!

Notícias Relacionadas

Bancário que havia sido reintegrado em 2021 é demitido novamente pelo Bradesco

Bradesco 08/08/2022

Após vitória na Justiça, Sindicato começa a devolver contribuição sindical de 32 bancários que são vinculados a Ribeirão Preto

Banco do Brasil 05/08/2022

Sindicato intervém e exige fim das lives de venda de produtos durante atendimento dos caixas do BB

Banco do Brasil 05/08/2022

Newsletter