SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

Notícias

Em 2020, governo deixou de gastar R$ 80 bilhões já previstos para o combate à pandemia e seus efeitos sobre a economia

02/03/2021

Charge: Fraga

Compartilhe:

Dos R$ 604,7 bilhões liberados pelo governo federal em 2020 para o combate à pandemia e aos seus efeitos sobre a economia, R$ 80,7 bilhões não foram usados, o que equivale a 13,34% dos recursos.

De acordo com uma reportagem da Folha de S.Paulo, “cerca de R$ 37,5 bilhões dessa sobra ainda podem ser desembolsados em 2021”, só que, “até agora, passados os primeiros dois meses do ano, mais de 90% desses recursos permanecem estacionados”.

“As áreas com maior empoçamento de recursos, no ano passado e no início de 2021, foram o pagamento de auxílio emergencial, a verba para a saúde (inclusive para aquisição de imunizantes) e o programa de corte de jornada e de salários dos trabalhadores da iniciativa privada”, informa o jornal.

Segundo a reportagem, deixaram de ser usados R$ 28,9 bilhões (dos R$ 322 bilhões previstos) para o pagamento do Auxílio Emergencial, R$ 22,3 bilhões (de R$ 24,5 bilhões) para a compra de vacinas e R$ 18 bilhões (de R$ 51,5 bilhões) para o Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda (BEM).

Em porcentagem, não foram utilizados 91% do total destinado à aquisição de vacinas, 35% do total destinado ao BEM e 9% do total destinado ao Auxílio Emergencial. A explicação do governo para não ter gasto todo o dinheiro com os referidos auxílio e benefício é que a demanda foi inferior à prevista.

Para o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região, é uma vergonha que quase nada do dinheiro destinado à compra de vacinas tenha sido usado em 2020. A economia feita pelo governo neste grave momento de pandemia é apenas mais uma entre várias demonstrações de que ele não se preocupa com a saúde dos brasileiros. Fora Bolsonaro!

Notícias Relacionadas

Sindicato recupera gratificação para funcionário do BB descomissionado durante afastamento por doença

Banco do Brasil 19/04/2021

BB, Itaú, Bradesco e Santander começam vacinação contra a gripe H1N1

Banco do Brasil 19/04/2021

Sindicato assina renovação do acordo da CCV sobre vale alimentação da Caixa

Caixa Econômica Federal 19/04/2021

Newsletter