SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Violência contra bancárias aumenta durante pandemia, segundo Febraban

12/05/2022

Compartilhe:

Esta semana, a Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) divulgou levantamento que aponta que as instituições bancárias estão, cada vez mais, tendo ciência de violência contra as mulheres. Durante a pandemia foram registradas 273 denúncias de bancárias que sofreram algum tipo de violência doméstica. De 2020 para o ano passado, o número de funcionárias que pediram ajuda subiu 11%. Até fevereiro de 2022, já foram registrados outros 18 casos.

O problema, infelizmente, comum em toda a sociedade brasileira, fez com que a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) assinasse junto aos sindicatos, em 2020, um aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho para oferecer às mulheres ações de prevenção à violência doméstica.

A partir daí, as bancárias que relatarem abusos podem solicitar financiamentos e transferências para outras unidades para evitar que a violência doméstica continue. Desde o início da possibilidade, a instituição afirma que já atendeu o pedido de 11 vítimas.

Neste sentido, o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região também se disponibiliza a auxiliar qualquer trabalhadora que passe por algum tipo de abuso, tanto em ambiente profissional, quanto domiciliar. Uma vez que, toda violência de gênero deve ser combatida e denunciada. O número destinado para o recebimento de denúncias, deste e de outros tipos, com anonimato garantido, é o (14) 99868-4934.

Notícias Relacionadas

Assembleia com pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2022 será nesta terça-feira, dia 24

23/05/2022

Banco do Brasil estipula meta para reduzir autenticações nos caixas

Banco do Brasil 20/05/2022

Sindicato protocola ação exigindo mais segurança para bancários do Bradesco

Bradesco 20/05/2022

Newsletter