SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

Notícias

Sindicato protesta contra duas demissões injustificadas do Itaú

29/05/2018

Bancos: Itaú

Compartilhe:

Na manhã da última quinta-feira, dia 24, o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região realizou um protesto em frente à agência do Itaú localizada na rua Ezequiel Ramos, no Centro de Bauru.

Os diretores da entidade estiveram no local para denunciar à população as demissões injustificadas de uma bancária com mais de treze anos de banco e de um bancário com mais de nove anos de instituição.
A bancária demitida injustamente trabalhava no segmento empresarial da agência da Ezequiel, já o outro bancário demitido, era caixa da agência bancária localizada na Avenida Duque de Caxias.

O protesto foi realizado na agência da Ezequiel Ramos, pois os gerentes regionais do banco trabalham no mesmo local.

Os bancários do Itaú estão vivendo uma triste realidade: o banco é o que mais investiu na retirada de clientes das agências com a criação dos gerentes virtuais. No entanto, as metas nas agências não foram reduzidas, pelo contrário, elas continuam subindo na mesma proporção do lucro do banco. Uma verdadeira afronta que tem adoecido os trabalhadores.

Extraoficialmente, as demissões ocorreram devido ao não cumprimento de metas. O que é um absurdo, pois os bancários demitidos têm um histórico de anos de bom serviço prestado ao Itaú.

#issomudaojogo
Ao mesmo tempo em que economiza com mão de obra, o Itaú abre seus cofres para a Copa, gastando milhões de reais com Tite, Anitta e Thiaguinho como garotos-propaganda de um banco que não existe.

O Itaú obteve lucro líquido recorrente de R$ 6,4 bilhões somente no primeiro trimestre deste ano. Ou seja, não há crise para esse banco e, mesmo assim, ele segue demitindo e cortando postos de trabalho.
Junto com o Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco e Santander, o Itaú eliminou 16,9 mil postos de trabalho somente em 2017.

Para o Sindicato, as demissões constantes, sempre sem critérios objetivos, muda o jogo para pior, sendo o banco o único vencedor na peleja do dia a dia.

(Bancários na Luta nº 30)

Notícias Relacionadas

BB, Itaú, Bradesco e Santander começam vacinação contra a gripe H1N1

Banco do Brasil 19/04/2021

Em reunião com o Itaú, movimento sindical cobra fim das demissões e metas, e protocolo mais rígido contra a Covid-19

Itaú 19/04/2021

Finalmente! Fenaban vai apresentar proposta de protocolo para a pandemia

Banco do Brasil 14/04/2021

Newsletter