SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Santander quer economia até na confraternização

19/11/2018

Bancos: Santander

Compartilhe:

As festividades de final de ano estão chegando, mas, com a crise apertando o bolso de milhares de brasileiros, é melhor economizar, né?

Absurdamente, essa regra, seguida por quem está endividado, também está sendo adotada pelo Santander neste fim de ano.

Mesmo somando R$ 8,99 bi de lucro nos nove primeiros meses de 2018, o banco deixará de fora da comemoração milhares de trabalhadores que, com muito trabalho e esforço, ajudaram a instituição alcançar tal resultado exorbitante.

Em comunicado enviado aos funcionários no dia 31 de outubro (veja abaixo), o presidente do banco, Sérgio Rial, defende que apenas 5.000 funcionários participem da festa e que estes sejam escolhidos por meritocracia.

Para o Sindicato dos Bancários de Bauru, não comemorar com todos os funcionários o aumento do lucro do Santander já é um absurdo, porém, selecionar quem vai ou não à festa através de critérios subjetivos é ainda pior. “Meritocracia é um mito da sociedade para justificar desigualdades”, diz Alexandre Morales, diretor do Sindicato e funcionário da Caixa.

Notícias Relacionadas

Em 5 anos, principais bancos do país fecharam mais de 4 mil agências

Banco do Brasil 21/06/2022

Santander terceiriza setor de investimentos e bancários são “convidados” a pedir demissão

Santander 13/06/2022

Deputados federais devem participar de audiência pública sobre abertura de bancos aos sábados e domingos, nesta quarta-feira

Banco do Brasil 08/06/2022

Newsletter