SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Santander divulga algumas medidas para atender reivindicações do movimento sindical em relação à Covid-19

31/01/2022

Bancos: Santander

Compartilhe:

Após muita pressão do Sindicato e a confirmação de diversos casos, o Santander decidiu rever parte de seu protocolo em relação a Covid-19. O anuncio foi feito em reunião com a Comissão dos Empregados do banco (COE) no último dia 26. Um novo comunicado aos funcionários deve ser emitido em breve.

Confira abaixo as últimas definições do Santander sobre o assunto:

  • Afastamento imediato do funcionário que tiver qualquer sintoma de gripe ou Covid-19;
  • Tempo de afastamento reduzido para 10 dias, com retorno somente após 24 horas sem utilização de qualquer tratamento e sintomas;
  • Reforço das equipes de limpeza e utilização de produtos específicos contra o vírus para higienização de todos os objetos das agências;
  • Atendendo pedido dos trabalhadores, o Santander vai ressarcir todos os testes de farmácia feitos (procedimentos já estão na intranet do banco);
  • Após a detecção de casos positivos, cada local será avaliado individualmente para verificar a possibilidade de fechamento ou não;
  • Funcionários que tiveram contato com positivados a menos de 1 metro e por mais de 15 minutos, com o uso inadequado das máscaras, devem ser submetidos a testagem e afastamento, caso necessário.

Situações nas quais o Santander não atendeu os pedidos dos bancários:

  • O trabalho continua sendo presencial, visando a produtividade do negócio;
  • Não será criado um critério único para o fechamento das agências onde forem detectados os casos positivos.

Para o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região as novas medidas tomadas pelo Santander ainda são inferiores ao protocolo que existia anteriormente, por isso, a entidade irá continuar cobrando do banco a volta do antigo protocolo, que previa, por exemplo, a obrigatoriedade do fechamento das agências em que foram registrados casos de Covid-19.

Na foto, Alexandre Morales, diretor do Sindicato, durante protesto da entidade em frente ao Santander da Avenida Duque de Caxias, em Bauru, após a agência acumular casos de Covid-19 e estar com o ar condicionado quebrado.

Notícias Relacionadas

Bancária aposentada do Santander aceita acordo de R$ 40 mil para encerrar ação de horas extras

Santander 04/10/2022

Sindicato vence ação e bancária do Santander recebe quase R$ 400 mil por danos materiais e morais

Santander 29/09/2022

Assembleia sobre acordo aditivo do Santander e PPRS acontece nesta segunda, dia 26. Participe!

Santander 26/09/2022

Newsletter