SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Santander demite em Santa Cruz do Rio Pardo e aumenta ofensiva para exterminar cargo de Gerente de Atendimento

20/05/2022

Bancos: Santander

Compartilhe:

No dia 20 de maio, o Santander efetuou mais uma demissão. Uma Gerente de Atendimento de Santa Cruz do Rio Pardo foi desligada sem justa causa. A bancária tinha 32 anos de sérvios prestados para o banco.

O fato não causa surpresa para o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região, pois, a cada dia aumentam as denúncias da ofensiva do Santader para acabar com o cargo de Gerente de Atendimento (GA).

Quem ocupa essa função, geralmente, tem mais de 20 anos de banco. Eles estão sendo empurrados para assumirem Gerentes Van Gogh ou Gerentes de Negócios Pessoa Jurídica, com focos exclusivos em vendas e cumprimento de metas absurdas, conforme as denúncias.

Quem opta por continuar no cargo, deve ser transferido para plataformas em São Paulo, assim, passariam a monitorar remotamente várias agências. Uma verdadeira exploração!

O GA dá apoio ao Gerente Geral (GG) em procedimentos operacionais, reformas de pontos de atendimento, mudanças de sistemas, problemas com equipamentos eletrônicos, tesourarias e caixas de autoatendimento, entre outros.

Caso, o Santander consiga acabar com o GA, automaticamente, o trabalho que era desempenhado por essa função será transferido para o GG, sem nenhum aumento salarial ou desenvolvimento de carreira. É importante lembrar que os GGs já são responsáveis por monitorar, ao mesmo tempo, muitas vezes mais de um ponto de atendimento.

Com o fim do cargo de GA, os bancários que foram transformados em Gerentes de Negócios e Serviços (GNS) também serão sobrecarregados, já que também terão que acumular os procedimentos realizados pelos GAs. Os trabalhadores alegam que esses gerentes já estão no limite da sobrecarrega de trabalho, tendo que abrir caixas, fazer pagamentos, trabalhar na tesouraria, abastecer caixas eletrônicos, fazer atendimento nas agências e visitar clientes.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região exige que o Santander reveja a extinção do cargo de GA. Chega de exploração, Santander!

 

Na foto, registro de protesto realizado pelo Sindicato no último mês de março, em frente a agência localizada na rua Rio Branco, região central de Bauru, devido aumento de carga horária e desrespeito a Convenção Coletiva de Trabalho da categoria bancária.

Notícias Relacionadas

Sindicato vence ação e bancária do Santander recebe quase R$ 400 mil por danos materiais e morais

Santander 29/09/2022

Assembleia sobre acordo aditivo do Santander e PPRS acontece nesta segunda, dia 26. Participe!

Santander 26/09/2022

Santander paga adicional do VA no dia 30, junto com a primeira parcela da PLR

Santander 22/09/2022

Newsletter