SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Presidente do Santander ameaça demitir bancários sem CPA-10

26/02/2019

Bancos: Santander

Compartilhe:

O presidente do Santander, Sérgio Rial, ameaçou demitir bancários que mudaram de função e ainda não fizeram a obtenção da certificação CPA-10. A ameaça foi feita durante uma das edições do programa “Café com Rial” (videoconferência entre ele e os funcionários das agências).

Primeiramente, o prazo seria até março, mas foi estendido até o fim de maio, o que vai contra o que determina a Resolução nº 3.158 do Banco Central, que determina que os bancos devem assegurar o prazo de 1 ano, tanto dos contratados quanto dos que mudaram de função, para que o empregado possa regularizar a sua certificação adequada. A norma está em vigor desde dezembro de 2003, e o prazo, previsto nos artigos 2º e 3º.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região está acompanhando o caso e não aceitará essa perseguição de Rial com os funcionários do Santander. A resolução do Banco Central precisa ser respeitada!

Ameaças

Para Rial é fácil ameaçar o emprego de inúmeros trabalhadores, afinal, em seu alto posto de presidente do banco, defendendo a reforma da Previdência, aposentado aos 58 anos e faturando R$ 30 milhões em remuneração em 2017, não há como enxergar o trabalhador que necessita desse emprego para sobreviver.

 

Notícias Relacionadas

Faltam funcionários, mas sobra assédio: Sindicato protesta contra assédio moral no Santander Duque, em Bauru

Santander 06/07/2022

Em 5 anos, principais bancos do país fecharam mais de 4 mil agências

Banco do Brasil 21/06/2022

Santander terceiriza setor de investimentos e bancários são “convidados” a pedir demissão

Santander 13/06/2022

Newsletter