SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

Notícias

Nota de apoio à Maria Emília Bertoli

14/10/2020

Bancos: Santander

Compartilhe:

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região manifesta seu total apoio e solidariedade à Maria Emília Bertoli, diretora da entidade e bancária do Santander, que há poucos dias recebeu a notícia de que o banco retirou sua gratificação de função.

A atitude é uma clara perseguição contra a trabalhadora que há alguns anos, quando estava na ativa dentro do banco, ingressou na justiça para obter o pagamento da 7ª e 8ª horas devidas pelo Santander. O banco tem atacado todos os funcionários, em âmbito nacional, que foram buscar seus direitos pelas horas extras, com ameaças de redução de jornada e salário. Para o Sindicato, esse ataque do Santander é inconstitucional, pois constrange o trabalhador ao livre acesso ao judiciário.

Maria Emília é bancária do Santander há 26 anos e há 7 atua como diretora do Sindicato, estando há 5 anos liberada do ponto por deliberalidade do banco, se empenhando na luta em defesa dos direitos da categoria e, principalmente, no respeito à saúde dos trabalhadores. Quando atuava no banco, a trabalhadora adoeceu após inúmeras situações de abuso, como a constante sobrecarga de trabalho e a pressão para alcançar metas inatingíveis.

Apesar de ter melhorado após passar por tratamento médico, Maria Emília não esqueceu do que passou e, desde então, luta veemente contra o adoecimento físico e mental dos bancários, atuando como coordenadora da Diretoria de Saúde e Segurança do Trabalho do Sindicato, denunciando práticas abusivas e dando apoio aos colegas que a procuram buscando ajuda.

O Sindicato irá entrar com uma ação judicial contra esse descomissionamento arbitrário realizado pelo Santander. Os trabalhadores têm o poder de buscar livremente os seus direitos na Justiça e não podem ser perseguidos ou obrigados a abrirem mão dessa busca. O Sindicato já conseguiu decisões favoráveis a bancários que sofreram tentativas de redução de salário ou jornada de forma ilegal, e irá lutar para que o caso da Maria Emília seja vitorioso.

Chega de perseguição! Todo apoio e respeito à Maria Emília!

Bauru, 14 de outubro de 2020.

Sindicato dos Bancários de Bauru e Região

 

Notícias Relacionadas

Santander lucrou R$ 9,9 bi até setembro e eliminou 4,3 mil empregos em 12 meses

Santander 27/10/2020

Deu na imprensa – Justiça determina reintegração de bancários demitidos na pandemia

Bradesco 27/10/2020

Sindicato protesta contra duas demissões no Santander de Avaré

Santander 27/10/2020

Newsletter