SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Minha Casa Minha Vida vai dificultar acesso à faixa 1

12/11/2019

Compartilhe:

O governo Bolsonaro pretende reduzir o orçamento do programa habitacional Minha Casa Minha Vida (MCMV)em 2020. Pelo orçado, o investimento no programa deve cair de R$ 4,6 bilhões para R$ 2,7 bilhões. Além disso, devem ser feitas mudanças nas regras do programa.

Segundo o jornal Folha de São Paulo, o governo estuda restringir o acesso à faixa 1 do programa, baixando o limite de renda que permite financiar a casa própria com subsídios e sem juros.

O MCMV foi criado em 2009 pelo governo federal para subsidiar e facilitar o financiamento da casa própria para famílias de baixa renda. Até 2018, mais de 5,5 milhões de unidades habitacionais haviam sido contratadas.

Hoje, o programa é dividido por quatro faixas de renda familiar, que determinam o valor e a origem dos subsídios, assim como os juros e as condições de financiamento. Quanto menor a renda, maiores as vantagens no programa.

Para o Sindicato o corte no orçamento do programa não é surpresa, já que esse governo não tem compromisso com programas sociais e a população de baixa renda.

Notícias Relacionadas

Santander alcança lucro de R$ 12,9 bilhões em 2022

Santander 03/02/2023

TCU determina que BB abra concurso específico para preencher cota mínima de PCDs

03/02/2023

Reforma da Previdência aumentou em quase 3 anos tempo para trabalhadores se aposentarem

03/02/2023

Newsletter