SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Mais uma funcionária do BB vence ação por incorporação de função

20/02/2018

Bancos: Banco do Brasil

Compartilhe:

Diferentemente da Caixa Econômica Federal [leia acima], o Banco do Brasil nunca explicitou em regulamento interno o direito à incorporação da função para o funcionário que a tenha exercido por 10 anos ou mais – para os funcionários do BB, o direito à incorporação da função sempre foi conquistado pela via judicial, com base na Súmula nº 372 do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Diz a súmula: “Percebida a gratificação de função por dez ou mais anos pelo empregado, se o empregador, sem justo motivo, revertê-lo a seu cargo efetivo, não poderá retirar-lhe a gratificação tendo em vista o princípio da estabilidade financeira.”

Com base nesse entendimento, em junho do ano passado o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região ajuizou uma reclamação trabalhista para uma funcionária do BB que exerceu a função de caixa, entre outras, durante mais de dez anos e que, em fevereiro de 2017, na reestruturação do banco, teve a sua função subtraída. A reclamação pleiteou a incorporação das gratificações.

Dias atrás, o juiz Breno Ortiz Tavares Costa, da 1ª Vara do Trabalho de Bauru, atendeu ao pedido do Sindicato e condenou o BB “ao pagamento da gratificação de função (vencidas e vincendas), tendo o prazo de dez dias para a implementação nos recibos salariais, independentemente do trânsito em julgado, sob pena de multa diária [de R$ 500], e reflexos [em férias, gratificações de férias, 13º salários, horas extras e depósitos do FGTS]”.
“Por distintas as funções exercidas (…), a incorporação da gratificação dar-se-á com base na média dos valores recebidos a esse título nos últimos doze meses”.

 

Notícias Relacionadas

Sindicato reivindica na Justiça direito de férias de 35 dias para egressos da Nossa Caixa com mais de 20 anos de banco

Banco do Brasil 27/06/2022

“BB + leve”: Banco avança com transformação de agências em lojas e coloca em risco vida de bancários e clientes

Banco do Brasil 24/06/2022

Terceirizada do BB é condenada após sumir e não pagar verbas rescisórias e FGTS de trabalhadora

Banco do Brasil 21/06/2022

Newsletter