SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

Notícias

Liminar obriga BB a restabelecer gratificação para descomissionados

04/01/2018

Bancos: Banco do Brasil

Compartilhe:

Por determinação da Justiça, o Banco do Brasil começou a registrar no holerite de dezembro a incorporação de função para os funcionários que receberam comissão ou gratificação (inclusive a de caixa) durante mais de 10 anos seguidos e que perderam o cargo comissionado ou foram realocados em cargo inferior em decorrência da reestruturação do banco, que vem sendo promovida desde novembro de 2016.

A determinação é de caráter liminar e é fruto de uma Ação Civil Pública (ACP nº 0000695-06.2017.5.10.0017) ajuizada em Brasília (DF) pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf). O BB já tentou derrubar a liminar no Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10) e no Tribunal Superior do Trabalho (TST), mas as duas cortes decidiram manter a liminar concedida pela primeira instância.

 

Você recebeu?

Só que nem todos os funcionários beneficiados pela decisão da Justiça receberam a incorporação na folha de dezembro. Há funcionários que não receberam a incorporação porque, segundo o BB, “sua remuneração atual é maior que a média das gratificações de função”. Há, ainda, os que não receberam a incorporação e também não receberam nenhuma justificativa.

Extraoficialmente, diz-se que foram excluídos quem teve oferta por escrito de realocação (não importa aonde) e quem teve o tempo na função de caixa incluído no cálculo para atingir os dez anos.
O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região não aceita essas exclusões e, por isso, vai notificar judicialmente o BB para que cumpra na íntegra o que manda a Justiça. A liminar determina que a incorporação da gratificação seja calculada pela média dos últimos 10 anos.

O Sindicato já apurou quatro casos de exclusão em sua base territorial, mas pode ser que outros casos tenham ocorrido.

Se você não teve sua remuneração restabelecida em dezembro e já tem mais de dez anos de função, mande um e-mail para o Sindicato (contato@seebbauru.org.br) informando os seguintes dados: nome completo; matrícula; se foi descomissionado ou realocado em cargo inferior; histórico funcional (SISBB); se tem mais de 10 anos de comissão, incluindo gratificação de caixa; e, por fim, se está ou estava em licença saúde ou grávida no período da reestruturação.

Notícias Relacionadas

Sindicato recupera gratificação para funcionário do BB descomissionado durante afastamento por doença

Banco do Brasil 19/04/2021

BB, Itaú, Bradesco e Santander começam vacinação contra a gripe H1N1

Banco do Brasil 19/04/2021

Finalmente! Fenaban vai apresentar proposta de protocolo para a pandemia

Banco do Brasil 14/04/2021

Newsletter