SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Itaú vai terceirizar vagas de 600 bancários em 2022

17/12/2021

Bancos: Itaú

Compartilhe:

Entre janeiro e junho de 2022, aproximadamente 600 postos de bancários que trabalham na Central 30 horas do Itaú, em São Paulo, serão terceirizados. O anúncio foi feito no último dia 13, durante reunião do movimento sindical com representantes do banco. A iniciativa vai gerar demissões, precarização dos empregos e perda de direitos trabalhistas.

Nos últimos dois meses, o Itaú demitiu nove bancários em Bauru e região. A reunião dos sindicatos com a diretoria do banco deveria tratar do fim das demissões, no entanto, após o anúncio de terceirização, tudo indica que os desligamentos irão continuar no próximo ano.

Nos primeiros nove meses do ano, o lucro do Itaú cresceu 50% em relação ao mesmo período do ano passado e quase chegou aos R$ 20 bilhões. Ou seja, não há motivo para precarização dos postos de trabalho.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região defende a manutenção dos empregos e realocação imediata desses trabalhadores para as agências e departamentos do banco, que sofrem com a sobrecarga devido à falta de funcionários. Além disso, essa medida vai colocar dados pessoais e informações confidenciais nas mãos de empresas terceirizadas, sem falar no aumento do desemprego e da desigualdade social no Brasil.

Notícias Relacionadas

Confira as datas de pagamento da PLR dos bancos privados

Bradesco 13/09/2022

Com novo programa, “VAI” ter mais demissões no Itaú

Itaú 08/09/2022

Bancários do Itaú podem compensar horas negativas até 31 de dezembro

Itaú 26/08/2022

Newsletter