SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Itaú impõe unilateralmente aumento de 11% no plano de saúde dos funcionários

26/02/2019

Bancos: Itaú

Compartilhe:

O banco Itaú impôs aumento de no mínimo 11% no plano de saúde dos seus funcionários de forma unilateral e arbitrária. Para a Central Nacional Unimed o reajuste foi de 11% e para a Fundação Saúde Itaú de 11,54%.

Para o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região esse aumento é abusivo e prejudicial tanto para os funcionários da ativa (principalmente os segurados que possuem agregados), como os aposentados, que já arcam com o custo integral do plano.

O Itaú tem um vasto histórico de condições de trabalho precárias, onde o assédio moral, a sobrecarga de trabalho, a cobrança de metas abusivas e as demissões fazem parte do cotidiano das agências. Esse aumento é mais uma prática do banco contra a saúde dos trabalhadores.

É inaceitável que um banco que lucrou R$ 25 bilhões em 2018 estabeleça um reajuste desses.

 

Notícias Relacionadas

Em 5 anos, principais bancos do país fecharam mais de 4 mil agências

Banco do Brasil 21/06/2022

Itaú demite funcionários adoecidos e dirigentes sindicais, na Colômbia

Itaú 21/06/2022

Deputados federais devem participar de audiência pública sobre abertura de bancos aos sábados e domingos, nesta quarta-feira

Banco do Brasil 08/06/2022

Newsletter