SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Bolsonaro nega que governo tenha interesse em quebrar o monopólio da Caixa Econômica no FGTS

07/10/2019

Bancos: Caixa Econômica Federal

Compartilhe:

Atualizada em 08-10-2019

Ontem, dia 7, o jornal O Globo publicou uma reportagem informando que o governo federal quer aproveitar a Medida Provisória que libera os saques do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para reformular o acesso aos recursos do fundo e quebrar o monopólio da Caixa Econômica Federal.

Essa quebra de monopólio abriria às instituições privadas realizarem o antigo sonho de financiar com dinheiro do Fundo projetos de habitação, saneamento e infraestrutura.

No entanto, na tarde desta segunda-feira, o presidente Jair Bolsonaro negou que o governo tenha interesse em quebrar o monopólio da Caixa. “Se o Congresso decidir quebrar o monopólio da Caixa, eu a vetarei segundo orientação da própria Economia”, afirmou Bolsonaro.

Para o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região, permitir que os bancos privados usem o dinheiro do FGTS é enfraquecer a Caixa como banco público e permitir que os bancos privados lucrem ainda mais e, desse modo, usando dinheiro dos próprios trabalhadores.

Notícias Relacionadas

PLR do Santander será paga dia 28 de fevereiro

Banco do Brasil 02/02/2023

Chega de Verocard! Bancários da Caixa começam a receber novos cartões da vale-alimentação e vale-refeição

Caixa Econômica Federal 01/02/2023

Sindicato cobra conserto de ar-condicionado da Caixa de Avaré

Caixa Econômica Federal 30/01/2023

Newsletter