SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Em audiência no MPT, Sindicato reforça denúncias contra irregularidades no Bradesco

10/08/2018

Bancos: Bradesco

Compartilhe:

Ocorreu no último dia 30 a audiência que o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região solicitou ao Ministério Público do Trabalho para denunciar práticas do Bradesco que resultam no adoecimento dos trabalhadores. A audiência foi com o procurador responsável pelo processo em que o Bradesco foi condenado a pagar R$ 800 mil por danos morais coletivos decorrentes de falhas de ergonomia em seu mobiliário.

Conforme noticiamos na edição anterior deste jornal, o objetivo do Sindicato era apresentar testemunhas da coação que o banco vem realizando no sentido de obter depoimentos favoráveis no processo citado. Além disso, o Sindicato apresentou e-mails com incessantes cobranças de metas (de hora em hora) e ranqueamento individual dos empregados – essa prática fere a convenção coletiva da categoria, que proíbe a divulgação dos nomes de bancários em ranking de metas.

A audiência ocorreu na seção bauruense do MPT, e o Sindicato levou duas testemunhas. Prestaram depoimento Aloísio Cordeiro, funcionário do Bradesco e diretor do Sindicato, e Fernanda, funcionária da agência Falcão.

O Sindicato espera que, com esses depoimentos, fiquem flagrantes as práticas irregulares do Bradesco na região de Bauru e que, com o envolvimento do MPT, o assédio institucional seja inibido. “O adoecimento decorrente de assédio é cada vez mais comum no Bradesco”, afirma Priscila Rodrigues, diretora do Sindicato.

Notícias Relacionadas

Bradesco volta a demitir na base territorial do Sindicato dos Bancários de Bauru e Região

Bradesco 01/02/2023

Bancário adoecido que foi demitido pelo Bradesco é reintegrado

Bradesco 24/01/2023

Lei Padre Júlio Lancelotti, que proíbe estrutura hostil contra morador de rua, é promulgada; Bancos usam técnica

Bradesco 03/01/2023

Newsletter