SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Bradesco lucra R$ 5 bi no 1º trimestre, e corta 9 mil empregos

07/05/2018

Bancos: Bradesco

Compartilhe:

O Bradesco obteve lucro líquido de R$ 5,102 bilhões no 1º trimestre de 2018, o que corresponde a um crescimento de 9,8% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O que é de se lamentar é que um banco em situação tão confortável como o Bradesco esteja demitindo trabalhadores aos montes.

Nos 12 meses encerrados em março, o segundo maior banco privado do Brasil fechou nada menos que 9.051 postos de trabalho!

É verdade que a redução se deve ao Plano de Desligamento Voluntário Especial (PDVE), que foi lançado em meados de 2017 e que, de acordo com o próprio Bradesco, teve 7,4 mil adesões.

Mas não só. Tudo indica que o plano da instituição é encolher toda a sua estrutura, já que fechou 414 agências e 63 postos de atendimento (PAs) também nos 12 meses encerrados em março.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região lembra que o Bradesco demitiu recentemente dois bancários da base, um da agência Duque de Caxias, em Bauru, e uma bancária de Agudos.

Além disso, a entidade tem recebido diversas denúncias sobre a falta de funcionários e sobre o aumento da pressão para o cumprimento de metas.

O Sindicato vai marcar uma reunião com o Regional do Bradesco para discutir esses problemas. Caso ele se negue a solucioná-los, a entidade fará uma série de protestos para denunciar a ganância do banco.

Notícias Relacionadas

Contra assédio e ameaças de demissão: Sindicato realiza mais um protesto em uma agência do Bradesco

Bradesco 29/06/2022

Bradesco, nos ouça! Sindicato protesta contra demissão de bancária portadora de deficiência auditiva

Bradesco 28/06/2022

Em 5 anos, principais bancos do país fecharam mais de 4 mil agências

Banco do Brasil 21/06/2022

Newsletter