SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Bancos privados também têm reivindicações

29/06/2018

Bancos: Bradesco, Itaú , Santander

Compartilhe:

Assim como os bancos públicos, os bancos privados também têm reivindicações específicas que não estão sendo atendidas. É preciso pressionar os banqueiros para que eles dividam suas prosperidades com os bancários.

Itaú
Entre as reivindicações específicas do Itaú para a Campanha Salarial 2018 estão: a garantia de emprego, a melhoria nas condições de trabalho de seus funcionários, a ampliação da PCR (Participação Complementar nos Resultados) sobre o qual o banco sinalizou que pretende renegociar essa participação para o ano 2019 e 2020, e um Plano de Aposentadoria Complementar (PAC) – hoje chamado Itaú Banco CD – para todos os funcionários, já que desde 2003, os novos empregados não estão inseridos nessa previdência do Itaú.

Santander
As reivindicações do Santander se concentram, principalmente, na manutenção da Convenção Coletiva de Trabalho, com a atualização das cláusulas econômicas, a atualização dos valores a serem distribuídos aos trabalhadores do Programa de Participação nos Resultados Santander (PPRS) e o compromisso
de fortalecer a Cabesp (plano de saúde dos funcionários do antigo Banespa) e o Banesprev (fundo de previdência do antigo Banespa).

Bradesco
Um acordo com o fim das demissões e fechamento de agências, contratações pela CLT, fim do Smart (avaliação de atendimento pelo cliente), são algumas das reivindicações dos bancários do Bradesco.

(Bancários na Luta nº 33)

Notícias Relacionadas

Bancários do Santander aprovam acordo aditivo e PPRS

Santander 07/10/2022

Santander volta a ser condenado por não respeitar intervalo intrajornada

Santander 07/10/2022

Bancária aposentada do Santander aceita acordo de R$ 40 mil para encerrar ação de horas extras

Santander 04/10/2022

Newsletter