SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Ato em São Paulo exige que BB negocie os problemas do Economus

Sindicato ofereceu transporte para aposentados da Nossa Caixa participarem da manifestação

10/07/2019

Bancos: Banco do Brasil

No último dia 4, diretores do Sindicato dos Bancários de Bauru e Região foram a São Paulo junto com um grupo de bancários da Nossa Caixa para participar de um protesto em frente à administração estadual do Banco do Brasil, na avenida Paulista. Além de Bauru, que levou uma van com 14 pessoas, outros quase 200 bancários de diversas partes do Estado estiveram presentes reivindicando que o BB abra negociações sobre o Economus (saúde e previdência).

 

Desde que o Banco do Brasil incorporou a Nossa Caixa, os funcionários oriundos do banco paulista vêm sendo tratados como funcionários de segunda classe. O maior exemplo disso é a difícil situação dos aposentados, que têm sido penalizados com aumentos abusivos no plano de saúde (o que tem causado uma debandada de associados) e com um equacionamento seguido do outro no plano C de previdência (estão tendo de pagar 25% de seus benefícios para cobrir os déficits).

Até hoje, passados 10 anos da incorporação, o BB discrimina os bancários dos bancos incorporados (Nossa Caixa, Banco de Santa Catarina e Banco do Piauí), impedindo seu ingresso na Cassi.

Para o Sindicato dos Bancários de Bauru e Região, o BB precisa abrir imediatamente uma mesa de negociação sobre o Economus, assumir suas responsabilidades nos déficits do Plano C e resolver, definitivamente, os problemas da assistência médica. Os bancários da Nossa Caixa merecem respeito! Negociação já!

Notícias Relacionadas

“BB + leve”: Banco avança com transformação de agências em lojas e coloca em risco vida de bancários e clientes

Banco do Brasil 24/06/2022

Terceirizada do BB é condenada após sumir e não pagar verbas rescisórias e FGTS de trabalhadora

Banco do Brasil 21/06/2022

Em 5 anos, principais bancos do país fecharam mais de 4 mil agências

Banco do Brasil 21/06/2022

Newsletter