SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Chapas apoiadas pelo Sindicato de Bauru e Região conquistam 23,4% dos votos em eleições da Cassi

27/03/2024

Bancos: Banco do Brasil

Raphael Barcelos (2º Suplente Conselho Fiscal), Alexandre Candido (2º Suplente Conselho Deliberativo), Martha Santos (2º Titular Conselho Fiscal), Angelo Marcelino (1ºTitular Conselho Deliberativo), Cristiana Garbinatto(Diretora Executiva), Alberto Okada (2º Titular Conselho Deliberativo), Maria Lizete da Silveira (1º Titular Conselho Fiscal), Patrícia Vale Ribeiro (1º Suplente Conselho Deliberativo), Carlos Antunes (1º Suplente Conselho Fiscal)

Apoiadas pelo Sindicato dos Bancários de Bauru e Região, as Chapas 4 e 77 obtiveram 19.209 votos nas eleições da Cassi (Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil), finalizada no dia 25 de março. O número representa 23,43% dos 72.079 votos válidos computados.

No entanto, foram eleitas para o mandato de quatro anos as chapas 6 e 33, respectivamente, para a Diretoria de Planos de Saúde e Relacionamento com Clientes e Conselho Deliberativo; e para o Conselho Fiscal. As chapas escolhidas contaram com maior financiamento para fazer campanha, já que tiveram apoio da CUT.

Enquanto isso, mesmo sendo apoiada por apenas quatro sindicatos – Sindicato de Bauru e Região, SEEB-Maranhão, SEEB-Rio Grande do Norte e Sindicato dos Bancários do Espírito Santo -, as chapas 4 e 77 conquistaram votação expressiva, principalmente entre funcionários da ativa.

A partir de 3 de julho de 2024, a Cassi passa a ter a configuração abaixo.

Conselho Deliberativo (Chapa 6)

  • Alberto Júnior – Diretoria de Planos de Saúde e Relacionamento com Clientes
  • Ana Garbelini (titular)
  • Maria das Graças Machado (titular)
  • Alessandro Greco Garcia (suplente)
  • Pedro Carvalho Martins (suplente)

 Conselho Fiscal (Chapa 33)

  • Pedro Magno (titular)
  • Sybelle Chagas (titular)
  • José Passos (suplente)
  • Thiago Pádua (suplente)

 Alerta!

Com o resultado, a preocupação do Sindicato dos Bancários de Bauru e Região é que se repita com a Cassi o que ocorreu com o Saúde Caixa, onde os dirigentes cutistas construíram, junto com as autoridades do banco, uma proposta de reajuste de mensalidade do serviço de saúde que favoreceu apenas a Caixa Econômica Federal e prejudicou os trabalhadores.

Notícias Relacionadas

BB é condenado a pagar gratificação de função após descomissionar bancária indevidamente em Piraju

Banco do Brasil 23/04/2024

BB aprova nova Tabela PIP, em mais uma vitória dos associados do Previ Futuro

Banco do Brasil 22/04/2024

Bancária recebe quase R$ 39 mil por desenvolver doença ocupacional no BB

Banco do Brasil 15/04/2024

Newsletter