SEEB Bauru

Sindicato dos Bancários e Financiários
de Bauru e Região

CSP

Notícias

Novo concurso público da Caixa será somente para PCDs

29/07/2021

Bancos: Caixa Econômica Federal

Foto: Reprodução

Compartilhe:

Após a Caixa Econômica Federal anunciar, no dia 19, a contratação de 4 mil bancários, 5.200 estagiários e aprendizes, e 800 vigilantes e recepcionistas, novas informações sobre o processo começam a ser divulgadas. De acordo com o banco, um concurso público será realizado somente no caso das mil vagas destinadas a pessoas com deficiência (PcD), que atuarão como bancários. O concurso deve ter o edital publicado até setembro.

As outras 3 mil vagas serão preenchidas pelos aprovados do concurso de 2014, que teria validade até 2018, mas foi prorrogada por tempo indeterminado, após uma ação do Ministério Público do Trabalho do Distrito Federal e Tocantins. Na época do concurso, mais de um milhão de pessoas se inscreveram e 30 mil foram aprovadas.

Contudo, segundo a Caixa, a contratação desses empregados ainda depende de aprovação da Sest (Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais).

Estagiários e jovens aprendizes

Em todo o país, serão contratados 2.000 estagiários. De acordo com o site UOL, o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) confirmou que já realizou e finalizou a seleção dos interessados para as vagas, mas que se houver necessidade, novas contratações podem acontecer.

Dependendo da carga horária e formação, os estagiários receberão bolsa-auxílio no valor de R$ 400 a R$ 1.000, e vale-transporte de R$ 130.

Já em relação a jovens aprendizes, serão selecionados 3.200 adolescentes de 15 a 17 anos com renda familiar de até 50% do salário mínimo per capita (R$ 550), por meio do Programa Adolescente Aprendiz, que promove a capacitação profissional em serviços bancários e administrativos.

Vigilantes e recepcionistas

Ao todo, 800 vagas serão destinadas à vigilantes e recepcionistas. Segundo o banco, as contratações vão acontecer por todo o país e o processo deve ser feito por meio de empresas terceirizadas.

Conforme a Caixa, as contratações acontecem em um momento de expansão do banco, onde serão abertas 268 novas unidades, sendo 168 de varejo e 100 especializadas no atendimento a clientes do agronegócio. Depois dessa medida, a instituição estará em todos os municípios do país com mais de 40 mil habitantes — ao todo, 258 cidades terão atendimento bancário, sendo que 118 delas terão uma unidade da Caixa pela primeira vez.

O Sindicato dos Bancários de Bauru e Região volta a afirmar que as novas contratações são fundamentais, mas o número ainda é pequeno diante da necessidade de mais funcionários em agências de todo o país.

Além disso, a entidade relembra que há alguns anos, a Caixa preferiu contratar terceirizados para realizar o serviço de bancários, deixando de lado os aprovados do concurso de 2014. O Sindicato já obteve, via acordo com o Ministério Público do Trabalho, a nomeação de oito aprovados e nove PCDs (pessoas com deficiência), mas há ainda cerca de 30 outros aprovados aguardando decisão judicial para serem, enfim, admitidos pelo banco.

Por meio de petição, o Sindicato tentará fazer com que a Caixa seja obrigada a convocar os aprovados que ainda possuem processo em trâmite.

Notícias Relacionadas

Sindicato reforça denuncia ao MPT sobre casos de assédio moral na Caixa

Caixa Econômica Federal 19/09/2022

Empregados da Caixa foram “convidados” a participar de desfile do 7 de setembro em Brasília em apoio ao governo Bolsonaro

Caixa Econômica Federal 12/09/2022

Caixa enrolou negociações durante 10 mesas

Caixa Econômica Federal 06/09/2022

Newsletter